Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Felipão se irrita com Neymar – que enfim prioriza a seleção

Com todas as atenções voltadas para a transferência, jogador deixou comissão técnica incomodada. Na noite de segunda, o pai do atleta já mudou de discurso

“É preciso um acordo entre CBF e Barcelona. Estamos vendo direitinho”, disse, cauteloso, Neymar pai. “Agora, o Neymar tem que se preocupar com a seleção”

Nos últimos dias, Neymar dedicou toda a sua atenção à decisão de se transferir para o Barcelona, à despedida do Santos e aos preparativos para a mudança para a Catalunha. E isso não pegou bem na CBF, onde a falta de foco na Copa das Confederações – em que Neymar é a grande aposta brasileira – deixou a comissão técnica da seleção brasileira incomodada. Ele se apresenta na noite desta terça-feira à equipe nacional. Na noite de domingo, o agente do jogador, Wagner Ribeiro, cogitou um acordo com a CBF para que Neymar jogasse mais uma vez pelo Santos, no sábado – véspera do importantíssimo amistoso entre Brasil e Inglaterra, no Maracanã. Além disso, os assessores do atleta pensavam em marcar a apresentação no Camp Nou, estádio do Barça, para o dia seguinte à partida no Rio. Ou seja: Neymar jogaria duas vezes em dois dias e depois faria uma viagem relâmpago à Europa, tudo isso em meio à preparação para o torneio que serve de teste para o Mundial de 2014. Sabendo da irritação da CBF e do peso da responsabilidade que o filho terá de carregar no torneio, o pai do atleta, Neymar da Silva Santos, avisou: o foco, agora, é na seleção brasileira.

Leia também:

De mudança, Neymar deixa a seleção em segundo plano

Barcelona anuncia um contrato de cinco anos com Neymar

Neymar assina contrato com o Barça ao lado da namorada

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

O atacante já é oficialmente jogador do Barcelona, mas o contrato ainda não está assinado – na segunda, acompanhado dos empresários e da namorada, Bruna Marquezine, ele apenas rubricou um termo de compromisso. O contrato em si, válido por cinco anos, será firmado apenas na data de sua apresentação oficial. Ele se disse ansioso para se juntar a Messi, Xavi, Iniesta e aos outros astros do Barça. Ele já vislumbra uma parceria de sucesso com as estrelas do campeão espanhol, especialmente com o camisa 10 da equipe. “Estou muito feliz, de coração. É um sonho que estou realizando. Estou triste por sair do Santos, mas alegre porque será uma honra muito grande fazer parte desse elenco do Barcelona. Quero jogar com os melhores. O Messi é o melhor do mundo e espero que essa parceria dê muito certo”, afirmou. O astro ainda não sabe qual será o número de sua camisa no Barça. Na Espanha, comenta-se que Neymar deverá ficar com a 11, que hoje é usada pelo meia Thiago Alcântara, ou a 7, do atacante David Villa. “Não tenho ideia. A 7 tem dono, é do Villa. Uso o número que estiver vago. Qualquer uma está boa.”

(Com agência Gazeta Press e Estadão Conteúdo)