Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Felipão prevê evolução psicológica após virada

Por AE

Presidente Prudente – O técnico Luiz Felipe Scolari destacou a importância psicológica de o Palmeiras ter batido o Santos por 2 a 1, de virada, com dois gols nos minutos finais do clássico, na tarde do último domingo, em Presidente Prudente, pela quinta rodada do Campeonato Paulista. O treinador lembrou que o resultado serviu para o time ganhar mais confiança neste momento em que luta por afirmação e vem sendo cobrado por há tempos não conseguir alcançar resultados de expressão nas competições que disputa.

“(Essa vitória) muda o ânimo da equipe, muda a forma como a gente pode focar alguns assuntos, primeiro de uma forma diferente, como é o caso da convicção de acreditar (no resultado positivo) até o último minuto”, disse o treinador, para depois lembrar que a virada no placar também serviu como incentivo para os reservas que estão na luta por uma vaga na equipe titular.

“A vitória muda o espírito (do time) porque todos que entraram sentiram que deram a sua contribuição. E os que vão entrar sentem que fazem parte de um grupo, de uma equipe, não só de um time de 11 (jogadores). Pelo jogo que fizemos hoje (domingo), foi a melhor partida do campeonato”, comemorou.

O lateral-esquerdo Juninho, por sua vez, ressaltou a força mental do time palmeirense, que conseguiu a virada mesmo depois de ter sofrido um gol de Neymar já no segundo tempo. “O Palmeiras garantiu a vitória por causa da sua organização dentro de campo e não nos deixamos abater pelo gol. Espero que seja o começo de um ano maravilhoso para o Palmeiras. Fico feliz por ter marcado o gol e quero dedicar a todos os funcionários do clube”, ressaltou o jogador, que chutou a bola que Maranhão desviou para dentro do próprio gol santista e decretou o placar de 2 a 1 no último domingo.