Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Felipão faz mistério sobre últimas vagas e ironiza imprensa

Técnico revela apenas que deve chamar mais dois atacantes e um goleiro para amistoso. Ele zombou das listas feitas pelos jornalistas: 'Estão errando muito'

Por Da Redação 11 fev 2014, 14h34

“Eu garanti o Júlio César na Copa porque vocês não queriam ele. Quando vocês não querem, eu quero”, provocou o técnico

A convocação de Luiz Felipe Scolari para o amistoso com a África do Sul não resolveu algumas das principais dúvidas sobre a definição do grupo que disputará a Copa do Mundo pela seleção brasileira. A lista revelada nesta terça-feira, com dezesseis nomes e restrita aos jogadores que atuam no exterior, deixa em aberto a corrida para ser o goleiro reserva e para servir de opção no ataque, por exemplo. O técnico tentou manter o mistério, dizendo apenas que pensa em chamar mais três ou no máximo quatro atletas em atividade no Brasil – ele não quis contar nem sequer quando pretende chamar os atletas que faltam para fechar a delegação que viajará a Johannesburgo. Ele brincou com a ansiedade da imprensa para tentar montar a relação final dos convocados e ironizou as listas montadas pelos jornalistas, que tentam apontar as mais prováveis escolhas do treinador da seleção. Em sua entrevista coletiva, concedida no Rio de Janeiro, ele ainda desafiou os repórteres a fazerem suas “apostas” sobre os últimos nomes.

Leia também:

Fernandinho e Rafinha são novidades em lista de Felipão

Seleção deverá enfrentar a Sérvia em 4 de junho, diz a Fifa

Júlio César pegará ritmo para Copa jogando no… Canadá

Os craques que você tem de ver ao vivo na Copa no Brasil

Continua após a publicidade

​Anote na agenda: os jogos imperdíveis da fase de grupos

“Em princípio são dois atacantes e um goleiro, mas pode ser que tenha alguma novidade”, disse Felipão, dando pistas de que pretende chamar pelo menos um jogador pouco citado nas especulações sobre suas preferências. “Vocês todos estão pesquisando nomes. Busquem alternativas e uma dessas pode fechar com a minha. Mas olha, estão errando muito, viu?” Felipão, famoso por não ter muita paciência com a insistência de alguns cronistas esportivos, também alfinetou a imprensa ao falar sobre o goleiro Júlio César, que segue como titular mesmo sem jogar pelo seu clube, o Queens Park Rangers, da Inglaterra. Ele foi convocado por antecipação para a Copa no ano passado – a forma que o técnico encontrou para transmitir confiança ao jogador. Questionado nesta terça sobre o assunto, ele disparou: “Eu garanti o Júlio César na Copa porque vocês não queriam. Quando vocês não querem, eu quero.”

O goleiro, que está de mudança para o Toronto FC, da liga profissional americana, foi elogiado pelo treinador. “É preciso lembrar que nos jogos que fizemos nos Estados Unidos contra Honduras e Chile, o Júlio jogou, e ele não vinha jogando pelo clube. Na avaliação do nosso preparador de goleiros, ele estava muito bem fisicamente e com reflexos excelentes. É claro que se ele jogar dez, doze ou catorze jogos até o Mundial, será ótimo para nós. Mas ele tem essa qualidade mesmo não jogando.” Felipão só não quis assegurar a titularidade de Júlio no Mundial desde já. “Titular garantido? Só Deus. Esse está garantido, mas o resto tem que trabalhar para chegar lá, porque é um longo caminho.” Sobre outro jogador que desperta muitos questionamentos, o atacante Fred, Felipão se mostrou menos tranquilo, já que o problema do atleta são as repetidas contusões. “Preocupa, porque além de ser um bom jogador, é uma pessoa espetacular, que comanda grupo.” Ele confirmou que ficará de olho na situação do atacante antes de anunciar os nomes que faltam para fechar a lista.

O técnico ressaltou, no entanto, que as dúvidas sobre a recuperação de Fred não foram o único motivo para o adiamento do anúncio dos últimos nomes. “Foi por causa dele também, mas não se esqueça de que alguns atletas convocados anteriormente só jogaram dois ou três jogos no ano até agora. Com o adiamento, teremos mais tempo para acompanhar uns três ou quatro jogos”, explicou. Essa é a situação não só de Fred como de seu reserva imediato nos últimos meses, Jô, do Atlético-MG, que pouco atuou neste ano. Felipão confirmou que pretende chamar dois centroavantes para a Copa. “Gosto do atacante com posicionamento de área, que seja participativo, seja bom na área e cumpra o papel tático, afirmou. “Eu prefiro ter dois homens de área no grupo.” Um critério que pode definir a escolha dos últimos convocados é a agenda dos clubes nas próximas semanas. “Vou tentar levar só um jogador de cada time do Brasil para evitar problemas. Se eu tiver de levar mais de um jogador de uma equipe, vou ter de conversar com o técnico dessa equipe.”

Continua após a publicidade

Publicidade