Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Felipão defende Fred de críticas: “Estão sendo covardes”

Tanto o treinador quanto o atacante se disseram injustiçados após a Copa

Por Da Redação 25 ago 2014, 10h11

O técnico Luiz Felipe Scolari, do Grêmio, comemorou no último domingo uma importante vitória no Brasileirão diante do Corinthians, mas não conseguiu se livrar das críticas relacionadas ao fracasso da seleção brasileira na Copa do Mundo. Em entrevista coletiva na Arena Grêmio após o jogo, Felipão disse que ele e o atacante Fred, do Fluminense, vêm sendo perseguidos por torcedores e jornalistas desde a goleada por 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais.

Leia também:

Fred, enfim, marca e Fluminense goleia Sport no Maracanã

Cruzeiro faz história, derrota Goiás e ‘conquista’ primeiro turno

Atlético-MG bate o Inter e ajuda rival Cruzeiro

“Vocês estão sendo covardes. Vocês estão atingindo a mim e ao Fred. Se quiserem bater, batam em mim. Esqueçam os jogadores. Tivemos a melhor campanha desde 2002, os jogadores foram corretos comigo. Se tivesse que escolher outra vez, escolheria os mesmos jogadores”. Durante a Copa, em conversa com seis jornalistas com quem mantém boa relação, Scolari teria confidenciado que gostaria de trocar um jogador dos 23 convocados.

Citado pelo ex-técnico da seleção na entrevista, o atacante Fred estava aliviado no Rio de Janeiro, após marcar dois gols na vitória do Fluminense sobre o Sport Recife. O atacante, criticado na Copa por sua falta de movimentação, também demonstrou certa mágoa. “No futebol brasileiro é assim, precisavam de um bode expiatório. Fui tratado assim. Não acho justo. Eu assumo minha responsabilidade na seleção, mas nada deu certo para o grupo inteiro.”

Fred ainda defendeu seu estilo de jogo e usou o alemão Miroslav Klose, maior artilheiro da história das Copas e campeão com a Alemanha em 2014, para justificar seu posicionamento. “Fiz dois gols, mas estão tentando acabar com o camisa 9. E daqui a pouco vão acabar com o camisa 10 também. Não dá. O Klose, na Alemanha, por exemplo, só joga dentro da área. Não sai dali. Mas é um craque no que faz.” Na semana passada, Fred se revoltou contra torcedores do Fluminense que ameaçaram jogadores do clube no Aeroporto Santos Dumont, no Rio.

Continua após a publicidade
Publicidade