Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Felipão confirma 4-3-3, barra Thiago Silva e escala Hernanes

Zagueiro Dedé, do Vasco, foi cortado após sentir-se mal com dores abdominais

O técnico Luiz Felipe Scolari decidiu adotar mesmo o esquema com três atacantes para a seleção brasileira no amistoso desta quinta-feira contra a Itália, em Genebra, na Suíça. No último treino desta quarta-feira, ele manteve a linha de ataque com Neymar e Hulk pelas pontas e Fred no meio, e fez apenas duas mudanças em relação ao treino da véspera: sacou Thiago Silva do time titular para a entrada de Dante e escalou Hernanes no meio, como segundo volante, no lugar de Luiz Gustavo. Se cumprir a promessa feita na entrevista antes da movimentação, é esse o time que sai jogando contra os italianos.

Leia também:

Felipão monta a seleção com 3 atacantes. Kaká é reserva

Técnico se irrita com sugestão de Pelé sobre o Corinthians

Buffon diz que jogo será bom teste para jovens italianos

Thiago Silva ficou de fora porque ainda não está 100% fisicamente – ele não atuou na estreia de Felipão, a derrota por 2 a 1 para a Inglaterra, no mês passado, e nos jogos do Paris Saint-Germain vem sendo escalado aos poucos. Já a entrada de Hernanes surpreende porque o técnico havia sinalizado que preferia usar volantes mais fixos e marcadores, caso do gremista Fernando, o outro titular, e de Luiz Gustavo, que joga no Bayern de Munique e treinou como titular na terça-feira.

Corte – O zagueiro Dedé foi cortado após sentir-se mal e ser avaliado em uma clínica de Genebra. Segundo o médico da seleção, José Luís Runco, ele pode ter um quadro infeccioso ou viral. Dedé amanheceu queixando-se de fortes dores abdominais e seguirá tratamento orientado pelos médicos de seu clube, o Vasco, e, ao chegar ao Brasil, será examinado.

Antes de Dedé, Scolari ficou sem três jogadores, contundidos: Lucas, do Paris Saint-Germain, substituído pelo são-paulino Osvaldo; Paulinho, do Corinthians; e Ramires, do Chelsea.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com Estadão Conteúdo)