Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Felipão cobra mais raiva em campo dos jogadores do Palmeiras

Por Da Redação Atualizado em 19 jul 2016, 13h54 - Publicado em 7 jun 2012, 05h02

O técnico Luiz Felipe Scolari quer uma postura diferente do Palmeiras a partir da próxima partida no Campeonato Brasileiro, contra o Atlético-MG. Apesar de ter elogiado as chances criadas pelo Verdão na derrota por 2 a 1 para o Sport, na noite desta quarta-feira, o treinador cobrou mais raiva dos jogadores em campo.

‘Às vezes, não é só uma questão de posicionamento, mas sim de ter aquele ímpeto a mais de se jogar na bola. Por uma razão ou outra, poderíamos ter ido com uma raiva maior. Isso tudo tem de ser trabalhado pela comissão técnica e pelos atletas. Foram duas bolas que eram nossas e estávamos desorganizados (nos gols do Sport)’, afirmou.O time pernambucano aproveitou duas falhas do Verdão na saída de bola para balançar as redes do goleiro Bruno. No primeiro gol, o Sport puxou contragolpe ao roubar a bola de Valdivia no meio-campo. Leandro Amaro não conseguiu interceptar lançamento para Jheimy, que cruzou para Marquinhos Paraná ganhar de Márcio Araújo na corrida e marcar.

Já no segundo, Tobi se antecipou a Luan e fez a assistência para Felipe Azevedo finalizar da intermediária, para superar o goleiro Bruno e estufar as redes.

‘O melhor do Sport não era quando eles tinham a bola, mas quando nós estávamos com a posse e eles se posicionavam. Vamos trabalhando, mas, às vezes, acontece um erro dentro de campo e nós temos de assimilar’, acrescentou o treinador.

Com os dois erros, o Palmeiras amargou mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Além de ter perdido para o Sport, o clube também acumula resultado adverso diante do Grêmio. O único ponto obtido no campeonato foi no empate contra a Portuguesa, na rodada de abertura.

O próximo desafio da equipe de Felipão será na noite de sábado, contra o Atlético-MG, no estádio do Pacaembu.

Continua após a publicidade
Publicidade