Clique e assine a partir de 9,90/mês

Felipão apaga fiascos de Mano – e Brasil já é 4º do ranking

Agora, seleção aparece atrás apenas de Espanha, Alemanha e Portugal na lista

Por Da Redação - 8 maio 2014, 08h28

Ranking da Fifa

1. Espanha, 1.460 pontos

2. Alemanha, 1.340

3. Portugal, 1.245

Continua após a publicidade

4. Brasil, 1.210

5. Colômbia, 1.186

6. Uruguai, 1.181

7. Argentina, 1.178

Continua após a publicidade

8. Suíça, 1.161

9. Itália, 1.115

10. Grécia, 1.082

11. Ingleterra, 1.043

Continua após a publicidade

12. Bélgica, 1.039

13. Chile, 1.037

14. EUA, 1.015

15. Holanda, 967

Continua após a publicidade

16. França, 935

17. Ucrânia, 913

18. Rússia, 903

19. México, 877

Continua após a publicidade

20. Croácia, 871

Convocada para a Copa do Mundo na quarta-feira, a seleção brasileira do técnico Luiz Felipe Scolari está em alta: mesmo sem ter jogado desde a última atualização do ranking, a equipe voltou a subir na classificação oficial da Fifa. A lista divulgada na manhã desta quinta-feira coloca o Brasil em quarto lugar – a seleção ganhou duas posições. Agora, o país-sede da Copa tem a equipe com melhor colocação entre as sul-americanas. Nos últimos anos, o Brasil ficou atrás de Argentina, Uruguai e Colômbia, que jogavam as Eliminatórias para o Mundial, partidas que têm maior peso no cálculo do ranking. Mas outro fator determinante para o fracasso brasileiro no ranking era o próprio desempenho da seleção nos amistosos da gestão de Mano Menezes, quando o time não conseguiu engatar uma sequência de boas vitórias contra rivais importantes.

Leia também:

Felipão aposta tudo nos 23: ‘Eu vou até o inferno com eles’

Continua após a publicidade

‘Vestibular’ do Brasil para Copa teve 5 candidatos por vaga

Para quem ficou de fora, há esperança: a lista de suplentes

Lista é dominada pelos paulistas: são 40% dos escolhidos

De acordo com a Fifa, as mudanças no ranking nos meses em que não há muitos jogos se devem à redução do peso das partidas realizadas em anos anteriores, em especial as Eliminatórias para a Copa. Como a pontuação dos jogos menos recentes vai decaindo, a diferença entre os rivais e o Brasil, que disputou principalmente amistosos desde o último Mundial – e perdeu os principais – , também vai diminuindo.

Continua após a publicidade

Com isso, a seleção ganhou mais duas posições na lista (já tinha subido duas posições na lista anterior) e Argentina, Colômbia e Uruguai perderam uma. O Brasil aparece atrás apenas da Espanha, ainda líder, da Alemanha e de Portugal. Essas duas equipes, aliás, estão no mesmo grupo da Copa e se enfrentam em 16 de junho, em Salvador. A próxima edição do ranking sairá a exatamente uma semana da abertura do Mundial, em 5 de junho.

Leia também:

Scolari envelhece time, mas média é inferior a 2006 e 2010

Na Copa em casa, ídolos que fizeram a carreira no exterior

Continua após a publicidade

Chelsea é o clube com mais convocados: quatro jogadores

Seleção fecha montagem do time com confiança e alegria

Publicidade