Clique e assine a partir de 8,90/mês

Felipão freia Tricolor em dia de estreias e aconselha Ney Franco

Por Da Redação - Atualizado em 19 jul 2016, 13h54 - Publicado em 15 jul 2012, 05h03

O Choque-Rei deste domingo, às 18h30, colocará em lados opostos os técnicos Luiz Felipe Scolari, prestes a completar dois anos no Palmeiras, e Ney Franco, que faz sua primeira partida como comandante do São Paulo. Experiente, o palmeirense aconselha o Tricolor antes da final: não tente mostrar demais.

Quando um time estreia um novo técnico, e no São Paulo não foi diferente, os jogadores garantem estar ainda mais motivados para a próxima partida, querendo ‘mostrar serviço’ ao novo comandante. Do outro lado do confronto, observando discretamente da Academia de Futebol, o treinador campeão da Copa do Brasil deixa o alerta.

‘Vão querer mostrar para o novo técnico e quem quer mostrar demais pode errar’, avisou, de olho em se aproveitar do ‘excesso de vontade’ por parte da equipe de Ney Franco e conquistar os três pontos. ‘O São Paulo vinha fazendo boas partidas com o Leão e com o Milton e não vai fazer diferente com o novo técnico. O São Paulo está arrumadinho tem um tempo’, completo

Depois de acertar com Ney Franco, o São Paulo já anunciou o zagueiro Rafael Toloi para dar fim ao grande problema da equipe no Campeonato Paulista e na Copa do Brasil: a frágil zaga. Esse foi, inclusive, o único setor em que o ex-técnico da Seleção Sub-20 fez alterações, promovendo a estreia de Toloi. O restante do time, exceções feitas a Lucas, com a Seleção olímpica, e Willian José, que dá espaço ao titular Luis Fabiano, é o mesmo dos tempos de Leão.

No Palmeiras, que faz sua primeira partida após a conquista da Copa do Brasil sobre o Coritiba, o momento é de focar na recuperação no Brasileiro – a equipe está no 18lugar. Sem contar com Marcos Assunção, Luan, Thiago Heleno e Barcos, o Palmeiras busca a segunda vitória na competição.

Continua após a publicidade
Publicidade