Clique e assine com 88% de desconto

Feijão perde qualificatório e precisa de uma desistência para jogar

Por Da Redação - 27 fev 2012, 17h01

A disputa do ATP 500 de Acapulco, no México, seria o primeiro ATP 500 da carreira de João Souza, o Feijão, mas ele deixou a chance escapar no qualificatório contra o italiano Alessandro Giannessi, número 138 do mundo. A partida terminou 2 sets a 1, com parciais de 6/3, 3/6 e 6/1. Agora, o brasileiro torce por uma desistência para participar do torneio.

É o terceiro qualificatório disputado por Feijão nesta temporada e ele ainda não conseguiu passar por nenhum, pois em Sydney e em Buenos Aires também ficou para trás. O melhor resultado do ano foram as quartas de final no Chile, mas ele teve participações importantes no Aberto da Austrália, em Viña del Mar e em São Paulo

No entanto, as chances de Feijão ainda disputar Acupulco se resumem a uma desistência. O tenista paulista é o melhor classificado no ranking, portanto tem o direito ao primeiro ‘lucky-loser’ distribuído pela organização da competição.

Na ausência de Feijão, todas as atenções brasileiras estarão voltadas para Thomaz Bellucci, o melhor do país no ranking da ATP. O canhoto estreia com um duelo diante do espanhol Marcel Granollers, atual número 28 do ranking.

Publicidade