Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Federer perde em Paris e volta ao topo fica distante

Suíço sofreu com o forte saque do canadense e foi eliminado em Paris. Agora, terá de vencer o ATP Finals de Londres e torcer contra o líder Djokovic

O suíço Roger Federer vinha de duas conquistas consecutivas e sonhava em retomar a liderança do ranking da ATP ainda esse ano. Mas o tenista número 2 do mundo foi derrotado no Masters 1000 de Paris pelo canadense Milos Raonic, por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/5) e 7/5, na tarde desta sexta-feira, e agora dificilmente conseguirá ultrapassar o líder Novak Djojovic em 2014. Raonic avançou às semifinais e terá pela frente o checo Tomas Berdych.

Leia também:

Federer vence torneio na Basileia e se aproxima de Djokovic

Em boa fase, Thomaz Bellucci volta ao top 50 do mundo

Roger Federer volta a ser número 2 do mundo

Foi a primeira vitória de Raonic sobre Federer, após seis derrotas consecutivas. Recordista de títulos de Grand Slam (17) e de semanas na liderança do ranking (302), Federer vinha embalado pelos títulos do Masters 1000 de Xangai e do ATP 500 da Basileia, na semana passada. Mas com esta eliminação nas quartas suas chances de voltar ao topo ficaram reduzidas: Federer terá de torcer contra Djokovic em Paris e por uma improvável combinação de resultados no ATP Finals de Londres, de 9 a 16 de novembro. Djokovic lidera o ranking com 11.510 pontos, contra 9.280 de Federer.

Raonic ainda briga por uma das duas vagas restantes no ATP Finais, que fecha a temporada e reúne os oito melhores da temporada. Nesta quinta, Berdych assegurou seu lugar ao vencer o sul-africano Kevin Anderson, por 2 sets a 1, com parciais de 6/7 (4/7), 6/4 e 6/4.

(Com Estadão Conteúdo)