Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Federer minimiza queda no ranking e quer fim de temporada forte

Por Da Redação 1 nov 2011, 10h00

O suíço Roger Federer passou oito anos entre o primeiro e o segundo lugar do ranking, mas atualmente ocupa apenas a quarta posição. Ultrapassado pelo britânico Andy Murray após a temporada asiática, o recordista de Grand Slams minimizou sua colocação na tabela e quer se concentrar apenas em ter um final de temporada forte.

Nesta semana, ele joga o ATP 500 da Basiléia. Após vencer a estreia sobre o italiano Potito Starace, segue na briga pelo quinto título em casa e o segundo seguido. Depois, defende a semifinal do Masters 1000 de Paris e o título do ATP Finals, em Londres.

‘Eu nem sei o que preciso fazer para isso (voltar a ser número três). O meu objetivo é apenas tentar ganhar por onde eu passar nas próximas semanas. No momento, quero jogar bem aqui na Basileia. Minha prioridade é a próxima rodada, mas sei que posso ir muito bem nesses próximos torneios’, declarou.

No ano, Murray tem mais de dois mil pontos de vantagem para Federer, embora, no ranking geral, o britânico tenha apenas cerca de 300 pontos de dianteira. Para não aumentar essa diferença, o suíço precisa superar a pressão de jogar em casa.

‘Se vou ser número três ou quatro no final do ano, temos que esperar. Quero jogar bem, vencer torneios e depois ver onde eu chego. As expectativas são grandes onde quer que eu jogue, mas aqui elas são ainda maiores e por isso estava um pouco nervoso em minha primeira partida’, encerrou.

Continua após a publicidade
Publicidade