Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Federer faz semifinal com jovem sul-coreano em Melbourne

Federer busca seu sexto título no Grand Slam da Austrália - ele ainda não perdeu set até chegar à semi

O suíço Roger Federer vai disputar a sua 14ª semifinal do Aberto da Austrália e a 43ª de um dos eventos do Grand Slam. Nesta quarta-feira, o número 2 do mundo assegurou a passagem de fase em Melbourne ao derrotar o checo Tomas Berdych, o 20º colocado no ranking da ATP, por 3 sets a 0 – parciais de 7/6 (7/1), 6/3 e 6/4, em 2h14. Atual campeão do torneio, Federer busca seu sexto título e ainda não perdeu um set ao chegar à semi. 

Aos 36 anos, Federer se tornou o mais velho tenista a avançar às semifinais da chave masculina no Melbourne Park desde Ken Rosewall, em 1977, aos 42 anos, e também de um dos torneios do Grand Slam desde Jimmy Connors, que tinha 39 anos na edição de 1991 do US Open. 

O adversário de Federer na semi será o sul-coreano Hyeon Chung, que venceu o americano Tennys Sandgren, o 97º colocado no ranking, por 3 a 0,  parciais de 6/4, 7/6 (7/5) e 6/3, em  2h28.  Essa vitória tornou Chung o primeiro tenista da Coreia do Sul a se classificar às semifinais de um Grand Slam. Além disso, aos 21 anos, se tornou o mais jovem semifinalista em Grand Slam desde que o croata Marin Cilic atingiu esta etapa do Aberto da Austrália de 2010, também aos 21 anos. 

Antes de superar Sandgren, Chung venceu o alemão Alexander Zverev, o número 4 do mundo, na terceira rodada, e o sérvio Novak Djokovic, seis vezes campeão em Melbourne, nas oitavas de final.