Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Federer e Nadal voltam a fazer decisão após dois anos

Última foi em Roland Garros-2011, e Nadal venceu; neste domingo, será em Roma

Por Da Redação 18 Maio 2013, 18h18

Depois de quase dois anos, Roger Federer e Rafael Nadal voltarão a se encontrar numa decisão, neste domingo, às 11h (de Brasília), valendo o título do Masters 1000 de Roma. O espanhol passou con facilidade pelo tcheco Tomas Berdych por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/4, enquanto o suíço teve um pouco mais de dificuldade diante do francês Benoit Paire, mas também marcou 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7/5) e 6/4. A última vez que eles se enfrentaram numa final foi em 2011, em Roland Garros, com vitória de Nadal por 3 sets a 1.

Relembre: Aprenda como acertar o forehand de Roger Federer

O favorotismo tende para Nadal, que leva a melhor no retrospecto contra Federer em todos os critérios em jogo na capital italiana. O espanhol venceu mais jogos (19 a 10, sem contar amistosos de exibição), mais vezes no saibro (12 a 2), mais decisões (13 a 6) e mais finais no saibro (10 a 2). Em Roma, Nadal venceu o único jogo disputado, na decisão de 2006, por 3 sets a 2, após mais de cinco horas de partida. Neste ano, só se enfrentaram uma vez, com vitória (adivinhe) de Nadal, 2 a 0 (6/4 e 6/2), nas quartas de final do Masters 1000 de Indian Wells. A temporada também é mais promissora para Nadal, que passou todo o segundo semestre de 2012 sem jogar: ele busca o sexto título na temporada, enquanto Federer ainda não ganhou nenhum – é sua primeira final em 2013.

Leia também:

Leia também: Massa faz exibição com Ferrari pelas ruas de Varsóvia

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade