Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Federação Italiana irá notificar 61 pessoas por esquema de corrupção

Mais um esquema de corrupção no futebol italiano pode estar prestes a ser desmantelado. Sem revelar nenhum nome, a Federação Italiana de Futebol (FIGC) informou nesta terça-feira que 61 pessoas – envolvendo 22 clubes – estão sendo investigadas por supostas combinações de resultados. A suspeita é que tais combinações gerassem grandes lucros aos envolvidos por meio de apostas esportivas.

Segundo a entidade, os envolvidos nas investigações – entre os quais estão 52 jogadores e quatro dirigentes – serão notificados oficialmente pelas supostas irregularidades nesta quarta-feira. Ao todo, 33 partidas – válidas pela segunda divisão do Italiano ou pela Copa da Itália – estão sendo investigadas.

As notificações desta quarta são decorrência de um escândalo que eclodiu em junho passado, o qual levou à prisão 35 pessoas, incluindo o ex-capitão da Atalanta Cristiano Doni. A equipe de Bérgamo, inclusive, ao lado de Novara e Siena, estaria entre as que serão processadas pela Justiça Desportiva italiana, de acordo com o jornal La Gazzetta dello Sport.

Atalanta e Siena conseguiram o acesso à primeira divisão do Campeonato Italiano na temporada passada. Como espécie de medida punitiva preliminar, dado o caráter inicial das investigações à época, a Atalanta começou o torneio nacional com seis pontos a menos.

Em 2006, a Juventus, atual campeã italiana, foi rebaixada à segunda divisão e perdeu os títulos das temporadas 2004/05 e 2005/06 por conta de um escândalo semelhante.