Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Federação aumenta pena por doping de 2 para 4 anos

Por Da Redação 8 ago 2013, 13h30

A Confederação Internacional de Atletismo (IAAF) anunciou nesta quinta-feira que a suspensão para quem for pego no exame antidoping aumentará de dois para quatro anos. Dessa forma, a instituição deixa a regulamentação igual à imposta pelo Código Mundial Antidoping, que passará a valer no dia 1º de janeiro de 2015. “O novo código da Agência Mundial Antidoping (AMA) refletirá nossa firme vontade de reforçar as sanções, e a IAAF colocará em vigor a suspensão por quatro anos em casos graves de uso de substâncias dopantes”, escreveu a IAAF em comunicado.

Leia também:

No beisebol, Alex Rodriguez recorre de suspensão de 211 partidas por doping

Lance Armstrong desiste de participar de prova de natação

Fifa suspende jogador do Taiti por 30 dias após doping

Antes, a confederação de atletismo já dava a punição de quatro anos, mas diminuiu para dois depois que passou a seguir as normas da AMA. O anúncio aconteceu pouco tempo antes do início do Campeonato Mundial de Atletismo, e a organização fez questão de ressaltar que os esforços para prevenir o uso de substâncias ilícitas serão ainda maiores.

Continua após a publicidade

Leia também:

Casos de doping no UFC

Tenista sérvio é suspenso por não fazer teste antidoping ​

Tyson Gay é flagrado no doping e desiste do Mundial

“A IAAF tem uma obrigação ética com a esmagadora maioria de atletas e responsáveis que acreditam e querem um esporte limpo. A IAAF não fraquejará em sua vontade de fazer todo o possível para erradicar a trapaça”, diz o comunicado.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade