Federação argentina oferece a Maradona contrato até 2014

Por Da Redação - 15 jul 2010, 05h11

A Associação de Futebol da Argentina (AFA) oferecerá um contrato de quatro anos, até a Copa do Mundo de 2014, ao técnico Maradona, informou o porta-voz da entidade, Ernesto Cherquis Bialo, nesta quarta-feira. O atual vínculo do ex-jogador vai somente até o dia 31 de julho.

A AFA deverá se reunir com Maradona entre terça e quarta-feira da semana que vem para decidir o futuro do treinador da seleção argentina. A proposta foi decidida pelo presidente da entidade, Julio Grondona, em reunião com os principais dirigentes dos clubes da Argentina.

Maradona assumiu a equipe argentina durante as Eliminatórias Sul-Americanas e comandou a seleção na frustrada campanha no Mundial da África do Sul. Os argentinos foram eliminados nas quartas de final com uma derrota de 4 a 0 para a Alemanha e terminaram a Copa no quinto lugar.

“Consideramos que um quinto posto em um Mundial pode ser menor diante das pretensões populares, mas não é indigno para a seleção argentina”, declarou Cherquis Bialo, justificando a manutenção do ídolo no cargo de treinador.

Publicidade

Depois na eliminação na Copa, Maradona deu a entender que não continuaria no comando da equipe e deixou a decisão para a AFA. O treinador, porém, estava na África do Sul e ainda não havia sido recebido pelos milhares de torcedores que acompanharam com festa o ônibus da delegação argentina na chegada à Buenos Aires.

De acordo com os jornais argentinos, o governo estaria por trás na decisão da AFA de renovar o contrato de Maradona. Logo na chegada da seleção, a presidente Cristina Fernández deu seu apoio ao ídolo argentino.

(com Agência Estado)

Publicidade