Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Favorito à Bola de Ouro, Messi pode juntar-se a Cruyff, Platini e Van Basten

Se argentino ganhar o prêmio, ele entra no seleto grupo de jogadores com três conquistas seguidas

Por Da Redação 8 jan 2012, 17h45

O atacante argentino do Barcelona, Lionel Messi, é o grande favorito para conquistar nesta segunda-feira, pelo terceiro ano consecutivo, o prêmio Bola de Ouro, somando-se assim ao trio formado por Johan Cruyff, Michel Platini e Marco Van Basten, campeões em três edições.

Os outros dois candidatos são o meio-campo espanhol do Barcelona Xavi Hernández, finalista pelo terceiro ano consecutivo, e o atacante português do Real Madrid Cristiano Ronaldo, que já o conquistou em 2008. O vencedor será conhecido nesta segunda-feira, em Zurique, na Suíça.

A primeira vez que o argentino conquistou o triunfo foi em 2009, ainda com 22 anos. Nesta segunda-feira, é provável que o craque alcance o terceiro título, marco alcançado somente por Cruyff (1971, 1973 e 1974), Platini (1982, 1983 e 1984) e Van Basten (1988, 1989 e 1992).

Ao contrário de outras edições, em que a disputa pelo prêmio foi mais acirrada – no ano passado Messi superou seus companheiros no Barça Andrés Iniesta e Xavi Hernández, que tinham acabado de conquistar a Copa do Mundo com a Espanha – a Bola de Ouro deste ano parece já ter um dono certo.

O argentino, autor de 53 gols na temporada passada, liderou o Barça nas conquistas do Campeonato Espanhol e Liga dos Campeões, ambas no primeiro semestre. Ele completou o ano com outros três títulos no início da atual temporada (Supercopa da Europa, Supercopa da Espanha e Mundial de Clubes).

O adversário do atacante, Cristiano Ronaldo, não estará presente em Zurique, da mesma forma que José Mourinho, Iker Casillas, Sergio Ramos e Xabi Alonso, candidatos a fazer parte dos onze melhores jogadores de 2011 e que eram, a princípio, os escolhidos para representar o Real Madrid na cerimônia.

Continua após a publicidade

O time merengue anunciou à Fifa que ninguém da equipe poderá participar do evento, já que viajarão nesta segunda-feira a Málaga, para disputar na terça-feira o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Rei.

Junto a José Mourinho, eleito o melhor treinador de 2010, concorrem na edição de 2011 o técnico do Manchester United Alex Ferguson, e o treinador do Barcelona Josep Guardiola, favorito indiscutível para substituir o luso no histórico deste prêmio.

No evento também serão anunciados os 11 melhores jogadores do ano, votados pelos 50 mil jogadores filiados ao sindicato internacional de jogadores, além do prêmio Puskás de melhor gol do ano, categoria na qual concorrem Messi, o brasileiro Neymar e o britânico Wayne Rooney.

Na categoria feminina, o Brasil aparece representado pela jogadora Marta, que poderá receber o prêmio de melhor jogadora do mundo. A atleta, ganhadora das últimas cinco edições, concorre com a japonesa Homare Sawa e a americana Abby Wambach.

Durante a cerimônia, a Fifa também entregará a Distinção Presidencial e o prêmio ao Fair Play a pessoas ou instituições que tiveram uma contribuição relevante ao desenvolvimento do futebol e destacado por sua esportividade, respectivamente.

(Com Agência EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)