Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Famílias de jornalistas processam Chapecoense por tragédia

Advogado acredita que o clube catarinense deva ser responsabilizado, apesar de não ser culpado pela queda do avião que matou 71 pessoas na Colômbia

Sete famílias de jornalistas mortos na tragédia aérea com o voo da Chapecoense irão processar o clube. Segundo o advogado das famílias, João Tancredo, o time teria responsabilidade, apesar de não ser culpado pela queda do avião que matou 71 pessoas na Colômbia.

“A Chapecoense terá que ser processada. Foi o clube que fretou a aeronave e fez o contrato com a empresa aérea. O clube tem responsabilidade sobre o transportado, ela teria que deixá-lo em seu destino”, disse o advogado, que tem entre clientes as famílias do jornalista Guilherme Marques e do produtor Guilherme Van der Lars, da TV Globo.

Tancredo disse que pediu à Justiça o contrato do clube com a LaMia. “Quero saber quem ficou responsável pela indenização, em casos de acidente. Teria que ter sido feita uma apólice de seguro em nome dos passageiros. Ela é obrigatória.”

O vice-diretor jurídico da Chapecoense, Luiz Antônio Palaoro, defendeu que as famílias unam forças contra os responsáveis pelo acidente. “O advogado está no direito de fazer o que quiser. Mas não somos responsáveis; somos vítimas. O ideal é nos unirmos para brigar com seguradoras, companhia aérea e com o governo boliviano.”

Segundo Palaoro, uma reunião com a seguradora estava marcada para terça-feira na Bolívia, com a intenção de discutir as indenizações, mas o encontro deve ser adiado porque a companhia não teria tido tempo hábil para analisar os documentos enviados pela Chapecoense. “O clube ofereceu levar os jornalistas porque havia assentos vagos, mas ninguém foi obrigado a entrar no voo. As pessoas que entrarem contra o clube terão caminho mais tortuoso”, concluiu.

(com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. MIRIAN CRUZ DOS SANTOS

    tem razão. Os clubes devem repensar na hora de contratar voo fretado. Se o preço está muito abaixo do mercado, tem alguma coisa errada.

    Curtir

  2. Samuel Freitas

    Chamam os advogados de abutres, mas a opinião de vocês muda no momento em que vocês também precisarem do apoio de um advogado.

    Curtir

  3. No final de tudo todos querem é dinheiro. Danem-se os sentimentos, o que vale é grana na mão. Eta mundo nojento.

    Curtir

  4. Outra coisa, se os jornalistas eram funcionários da Rede Esgoto de TV por que o ‘dotor dvogado’ não processa a Globo? E o que os jornalistas da Globo faziam em um avião fretado pelo clube?

    Curtir

  5. Mas lamentável que o acidente é a gana de querer aparecer, querer arrancar dinheiro de uma situação já tão devastadora. Acho desnecessário as famílias fazerem isso, muito lamentável e triste. Comprei duas camisas lindas da Chapecoense que tinha parte das rendas voltadas para as famílias envolvidas nesse trágico acidente. Na boa, hoje eu já não faria isso, não mesmo.

    Curtir

  6. Alexandre Begalli Neto

    Isso mostra que o país ainda não alcançou um nível elevado de desenvolvimento. Como que organizações do porte da Globo, ou até multinacionais como a ESPN, permitem que os colaboradores se desloquem a trabalho fazendo “uso de carona”? Isto me parece uma falha importante de Sistema de Gestão de Segurança & Saúde, por parte dos empregadores. Sim, o Mario Sergio e demais estavam se deslocando a trabalho, e não por lazer. Os empregadores também são responsáveis, sim senhor.

    Curtir

  7. Michelle Rombaldi

    Por que sempre demonizam os advogados? Nós trabalhamos através de demandas da sociedade! Se a lei diz que é de responsabilidade do empregador o transporte, se a lei diz que a responsabilidade também é do transportador (carona) e os clientes vêm em nossos escritórios buscar orientação de seus direitos, por quê é que somos considerados abutres? O advogado, conforme a própria Constituição Federal dita, é indispensável na administração da Justiça! E como em qualquer ramo, existem os bons e os maus. Ponto final!!!

    Curtir

  8. Cardoso Elias

    Engracado, logo apos o acidente todos ” je souis chapecoense” agora todos metendo a faca no clube…chapecoense não eh empresa aérea e um clube de futebol…

    Curtir

  9. Carlos Marques

    A postura de deliberadamente esquecer os que morreram, da Globo (e toda a Midia) é bem nossa, bem brasileira!. Só se fala, hipocritamente, em “ressurgir”, “renascer” em “nova chapecoense”…Ei! E os que morreram??? As viúvas devem esquecer seus maridos? As crianças, os seus pais? As velhas e velhos, os seus filhos, colhidos por canalhas crápulas, pão duros, irresponsáveis na flor da idade?? Cadê as fotos das vítimas? E os seus nomes, onde estão? País de ingratos!! desmemoriados! Nação de calhorda!

    Curtir

  10. Carlos Marques

    Nação de calhordas!!!! Eu pergunto: Em qual estádio deste país fantástico, generoso, está o painel- gigante, com os nomes em bronze e fotos gigante das vítimas das “Tragédia da Chapecoense”?? Nenhum!! Nenhum!!!

    Curtir