Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Falcão usa Di Stéfano como exemplo e exalta altruísmo do Bahia

Por Da Redação Atualizado em 19 jul 2016, 13h53 - Publicado em 1 mar 2012, 15h00

A goleada de 5 a 1 sobre o Camaçari, na noite dessa quarta-feira, somada aos dez jogos de invencibilidade e à liderança isolada do Campeonato Baiano deixaram a torcida do Bahia mais do que satisfeita. Com o nome gritado pela torcida no final do jogo, o técnico Paulo Roberto Falcão fez questão de repassar os méritos da boa fase a todo o elenco tricolo

‘Tem uma frase que gosto eu muito, que o Di Stéfano (ex-jogador argentino, ídolo do Real Madrid nos anos 50) dizia após normalmente ser escolhido o melhor em campo: ‘Nenhum jogador é melhor do que todos juntos”, dis

Apesar dos bons resultados e dos elogios que fez ao segundo tempo da equipe, Falcão garantiu que o Bahia irá encontrar ‘dificuldades’ ao longo da temporada. Para o técnico, o aproveitamendo do Tricolor nos últimos jogos dificilmente irá se repetir com frequência.

‘Quando se ganha, tudo é ótimo, né? Vou repetir algo que já disse várias vezes: ‘Não vamos ganhar sempre’. Nós vamos perder jogos, ter dificuldades. Mas no segundo tempo, realmente não tenho nada a falar, foi uma atuação maravilhosa. O time se compactou como eu quero, criou situações, teve altruísmo a todo momento. Poderiam ter feito o gol e decidiram dar o passe. Então estou muito feliz, principalmente pelo segundo tempo’, finalizou.

Continua após a publicidade
Publicidade