Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Falcão aprova empate do Bahia, mas pede maior número de atletas

Por Da Redação 7 jun 2012, 01h12

O técnico do Bahia, Falcão, se mostrou satisfeito com o empate por 1 a 1 de sua equipe contra o Atlético-MG fora de casa. Apesar disso, o comandante do Tricolor de Aço ressaltou a necessidade de aumentar o contingente de jogadores.

‘Sabíamos que ia ser difícil jogar aqui. Percebíamos a empolgação da torcida com a contratação do Ronaldinho e o time vinha bem, então não dá para lamentar o empate. Nunca vou dizer que o empate é um excelente resultado, mas foi bom pelas circunstâncias’, analisou o treinador.

O técnico utilizou o exemplo da lesão de Fabinho para pedir por um elenco maior. ‘É evidente que a gente precisa de um grupo um pouco maior. O Fabinho sentiu no jogo se hoje e, se não puder jogar no domingo, não vamos ter laterais’, declarou.

O Bahia, que soma dois pontos na 15posição do Campeonato Brasileiro, volta a campo no domingo, às 17 horas (de Brasília), quando recebe o Vasco pela quarta rodada da competição.

Continua após a publicidade
Publicidade