Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fabio Capello é demitido da seleção russa por mau desempenho

O italiano de 69 anos era um dos treinadores mais bem pagos do mundo

A União Russa de Futebol anunciou nesta terça-feira a saída do técnico italiano Fábio Capello após três anos de maus resultados. Desde 2012 na seleção russa, Capello foi eliminado na fase de grupos da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e deixa a Rússia em situação complicada nas eliminatórias para a Eurocopa de 2016: ocupa a terceira colocação, quatro pontos atrás da Suécia e oito da Áustria, e tem, em seis jogos, duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

O salário de 7 milhões de euros por ano (cerca de 24 milhões de reais) também é um dos motivos de sua demissão. Seu contrato iria até 2018, mesmo ano em que a Rússia sediará a Copa do Mundo.

Leia também:

Putin irá à final da Copa antes de encontro dos Brics

Quando um Rússia x Coreia, em Cuiabá, se torna um show

“A Rússia ainda pode ser campeã”​

Capello já treinou grandes clubes europeus como o Milan – com quem ganhou a Liga dos Campeões em 1994 -, a Juventus, a Roma e, na Espanha, teve passagem no Real Madrid. Antes de ser contratado pela Rússia, assumiu a seleção inglesa, mas foi eliminado nas oitavas de final da Copa de 2010, na África do Sul.

(Com Estadão Conteúdo)