Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fábio brilha e Cruzeiro elimina o São Paulo nos pênaltis

Depois da vitória por 1 a 0 no tempo normal, equipe mineira contou com duas defesas de seu goleiro para se classificar para as quartas de final da Copa Libertadores

Após fechar o gol do Cruzeiro na partida de ida contra o São Paulo no Morumbi, Fábio voltou a ser decisivo na noite desta quarta-feira, no Mineirão. Com duas defesas na disputa de pênaltis, o goleiro garantiu a classificação da equipe mineira para as quartas de final da Libertadores. A disputa nas penalidades terminou com o placar de 4 a 3 para o time da casa. No tempo normal, o Cruzeiro devolveu o placar do primeiro jogo: 1 a 0, gol de Leandro Damião no segundo tempo.

O jogo – Em um confronto brasileiro intenso pela competição sul-americana, o São Paulo conseguiu suportar a pressão inicial do Cruzeiro antes do intervalo. Mas a vantagem do time paulista no confronto era mínima e a equipe mineira fazia uma boa apresentação. Depois de uma primeira etapa muito estudada, o time da casa voltou melhor para o segundo tempo e conseguiu abrir o placar. Aos 9 minutos, o artilheiro Leandro Damião aproveitou o passe de Mayke e completou para as redes.

LEIA TAMBÉM:

Corinthians perde em casa e dá adeus à Libertadores

Com golaços, Inter vence Atlético-MG e se classifica

Em desvantagem, o São Paulo partiu em busca do gol que lhe garantiria a classificação. Aos 28, Bruno foi à linha de fundo e cruzou com perfeição para Luís Fabiano, que errou o alvo por pouco. O Cruzeiro deu a resposta logo em seguida, com os dois times se expondo e correndo riscos para tentar a classificação. Como o placar não trabalhou mais, o drama permaneceu após apito final na decisão por pênaltis.

Nos pênaltis, os dois experientes goleiros se destacaram. Rogério, além de converter sua cobrança, defendeu os chutes de Damião e Manoel. Já Fábio parou as cobranças de Luis Fabiano e Lucão. O são-paulino Souza isolou o seu chute e o cruzeirense Gabriel Xavier converteu o pênalti que deu a classificação ao time mineiro.

Rival – Na próxima fase, o Cruzeiro terá um tradicional time argentino como adversário. O rival sairá do confronto entre Boca Juniors e River Plate, que fazem o jogo decisivo nesta quinta, em La Bombonera. No primeiro duelo, vitória do River por 1 a 0.