Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fabiana Murer supera trauma e leva prata no Mundial de Pequim

Brasileira conquista sua segunda medalha em Mundiais no mesmo estádio Ninho de Pássaro onde viveu a maior decepção de sua carreira em 2008

A brasileira Fabiana Murer ficou bem perto do bicampeonato mundial do salto com vara. Nesta segunda-fera, a atleta de 34 anos conquistou a medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim, na China. Murer só foi superada por sua maior rival, a cubana Yarisley Silva, para quem perdeu também nos dois últimos Jogos Pan-Americanos. O resultado colocou fim ao trauma vivido pela brasileira no mesmo Estádio Ninho de Pássaro, sete anos atrás, nas Olimpíadas de Pequim-2008, quando era uma das favoritas, mas não encontrou seu equipamento e ficou sem medalha.

Atleta fica bêbado e paga motorista de táxi com medalha de ouro

Nesta segunda, Murer igualou a melhor marca da sua carreira, os 4,85m que tinha alcançado quando se tornou a única campeã mundial da história do atletismo brasileiro em Daegu, em 2011. Yarisley Silva, porém, saltou 4,90 m na última tentativa e levou o ouro. A grega Nikoleta Kyriakopoulou, que saltou 4,80, completou o pódio. Com a prata, Fabiana chega a sua segunda medalha em seis participações em Mundiais – sem contar o ouro e a prata no Mundial Indoor de 2010 e 2008, respectivamente.

Decepção – A prata de Murer ameniza, mas não apaga a péssima campanha do Brasil no Mundial de Atletismo até aqui. Em Moscou, o país fez sete “finais” (classificações entre os oito primeiros da prova). Em Pequim, por enquanto, só Fabiana Murer e Caio Bonfim, sexto na marcha atlética 20km, conseguiram tal feito após cinco dias de competições. E ótimas oportunidades já foram perdidas no salto em distância feminino, salto com vara masculino, maratona masculina e arremesso de peso masculino e feminino.

Fabiana Murer conquista medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim Fabiana Murer conquista medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim

Fabiana Murer conquista medalha de prata no Mundial de Atletismo de Pequim (/)

(com Estadão Conteúdo)