Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fabiana Murer disputa nova etapa da Diamond League em Nova York

Após ser ouro no Prefontaine Classic, etapa de Eugene da Diamond League, a saltadora Fabiana Murer segue nos Estados Unidos para a disputa da etapa de Nova York, quinta da série de catorze do torneio. A partir das 15h45 (de Brasília) deste sábado, a atual campeã do mundo inicia a busca por mais um ouro na competição.

Será a primeira disputa ao ar livre da saltadora em Nova York, já que todas as competições em que participou na cidade americana faziam parte da temporada indoor.

‘Não sei como é a pista, mas já vi pela televisão em outros anos. Alguns atletas me falaram que venta muito. Então, é ver como estará o tempo para falar de resultado’, afirma Murer.

Além de Fabiana, estão inscritas para a prova a polonesa Monica Pyrek, a suíça Nicola Büchler, as americanas Kylie Hutson e Mary Saxer, a cubana Yarisley Silva e a grega Nikolia Kiriakopoulou, adversárias que a brasileira considera menos competitivas que as da etapa anterior.

‘Dei uma olhada no start list e não vai ser uma prova tão forte como em Eugene, mas competição é competição, sempre é difícil. Eu fiquei contente com a vitória em Eugene e gostei mais dos meus saltos. Sinto que a cada disputa meu salto está melhorando e eu estou tendo mais confiança. Essas provas são para isso, entrar no ritmo de competição e criar confiança’, analisa.

Após a disputa, Fabiana deixa os Estados Unidos e segue para Fórmia, na Itália, onde continua a série de treinamentos visando o GP de Mônaco, em 20 de julho, apenas uma semana antes dos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

‘Esse período é necessário antes de uma grande competição. Fórmia é um lugar tranquilo. Lá consigo descansar e fazer uma boa preparação’, finalizou Murer.Keila e Diomar disputam etapa com objetivos diferentes

Além de Murer, Kela Costa e Diomar Noêmio de Souza são outros dois atletas que disputam a etapa de Nova York. Os objetivos dos brasileiros, porém, são distintos.

Enquanto Keila já possui o índice olímpico e disputa a Diamond League visando melhorar a marca de 14,57m, maior salto triplo da carreira, Diomar ainda busca o índice A da IAAF, apenas dois milésimos abaixo dos 1min45s62 corridos em abril, em Porto Alegre, para garantir vaga nos Jogos Olímpicos de Londres-2012.

”O objetivo do Diomar é baixar o seu tempo e fazer o índice. Hoje, ele tem a segunda melhor marca (1min45s62) entre os brasileiros’, afirma Marcelo Lima, que treina o corredor.

Keila compete no GP de Nova York a partir das 14h20 (de Brasília), enquanto Diomar corre na pista americana Às 17h02 (de Brasília).