Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fabiana Murer culpa hérnia de disco por eliminação na Rio-2016

"O esporte é assim. Infelizmente uma lesão tira a condição da atleta em poder saltar", disse

Depois da decepcionante eliminação nas eliminatórias do salto com vara, disputadas nesta terça-feira no estádio do Engenhão, Fabiana Murer apontou a hérnia de disco, lesão sofrida às vésperas dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, como o principal motivo para sua desclassificação. A brasileira disse que não estava com totais condições de competir em igualdade com as melhores atletas da prova na Rio-2016.

“O esporte é assim. Infelizmente uma lesão tira a condição da atleta em poder saltar. Hoje eu estava com 60% da minha condição”, afirmou Fabiana, muito emocionada com o final indesejado de sua trajetória olímpica. Nas duas últimas edições do evento, em Pequim-2008 e Londres-2012, ela também não conseguiu o pódio.

LEIA TAMBÉM:
Derrotado por Thiago, francês reclama de vaias do brasileiro
Isaquias Queiroz é prata na canoagem C1 1000
Edições digitais de VEJA com as melhores fotos da Olimpíada

Fabiana Murer chegava ao Rio de Janeiro como uma das favoritas à conquista de medalha na modalidade. Após o surpreendente ouro de Thiago Braz no masculino, ela não conseguiu repetir o feito em sua categoria ao optar o salto direto de 4.55m de altura, sem passar pelas medidas inferiores, para poupar esforço físico. “Optei por começar mais alto para fazer menos saltos. Quanto mais eu salto, mais meu braço sente, se enfraquece”, justificou a paulista de 35 anos.

(Com Gazeta Press)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. REYNALDO GUEDES NETO

    Uai, não foi por causa do vento? Anda ventando muito no Rio…

    Curtir

  2. edison vieira de resende

    Em Pequim, ela perdeu a vara…Em Londres, foi o vento (que estava lá para todas) e agora, agora…não sei. Amarelou de novo. Ela é um Bolt às avessas: tricampeã em amarelice.

    Curtir

  3. Pelo que sei atleta machucada não deveria competir. Vá pular corda, me poupe!

    Curtir

  4. Nilton Castro

    Nenhuma crítica. Quem tem a Dor como companheira entende direitinho o que ela passou. Hurra, Fabiana!

    Curtir