Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: saiba quais foram os maiores salários em 2014

Sebastian Vettel, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen receberam R$ 75 milhões no ano passado. Felipe Massa foi o sétimo mais bem pago

Em 2014, Sebastian Vettel, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen foram os pilotos mais bem pagos da Fórmula 1. Segundo o jornal francês L’Équipe, o alemão da Red Bull e os pilotos da Ferrari faturaram 22 milhões de euros (75 milhões de reais) no ano. Em 2015, Vettel lucrará ainda mais. Agora piloto da Ferrari, o tetracampeão mundial receberá 25 milhões de euros (86 milhões de reais). O brasileiro Felipe Massa foi o sétimo mais bem pago: 4 milhões de euros (13,7 milhões de reais).

Leia também:

McLaren confirma presença de Alonso no GP da Malásia

F1: Alonso será indenizado em R$ 6,2 milhões por ficar de fora do GP da Austrália F1: GP da Alemanha é excluído do calendário de 2015

Outra estatística levantada pelo L’Équipe é a rentabilidade de cada piloto. O jornal francês levou em conta o salário anual e dividiu pelo número de pontos conquistados em toda a temporada. Nessa conta, Daniel Ricciardo, da Red Bull, foi o mais rentável, já que cada ponto seu custou 3.150 euros (10.700 reais). O menos rentável foi Adrian Sutil, da Sauber-Ferrari, que não pontuou e recebeu dois milhões de euros (6,8 milhões de reais) na temporada. O campeão, Lewis Hamilton foi apenas o 10º mais rentável – recebeu 20 milhões de euros (69 milhões de reais) e fez 384 pontos, resultando em 52.000 euros (177.000 reais) por cada ponto. Felipe Massa foi o quarto mais rentável com 29.850 euros (101.000 reais) por ponto.

Confira os dez maiores salários de 2014:

(Da Redação)