Clique e assine a partir de 9,90/mês

F1: Piloto rompe com patrocinador que fez piada sobre mexicanos

Uma fabricante de óculos brincou com o muro anti-imigração que seria construído entre o México e os EUA, proposta de Donald Trump, eleito presidente dos EUA

Por Da redação - Atualizado em 10 nov 2016, 13h51 - Publicado em 10 nov 2016, 13h46

O piloto mexicano Sergio Pérez, da Force India, rompeu nesta quarta-feira com a marca de óculos de sol Hawkers, um de seus patrocinadores,  por causa de uma postagem no Twitter da marca que brincava com os mexicanos pela eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos.

A piada, já apagada da rede social, referia-se a uma das propostas que mais causou controvérsias na campanha eleitoral do magnata republicano, que afirmou que construiria um muro entre o México e os EUA como política anti-migratória. “Mexicanos, coloquem estas lentes para que não vejam seus olhos inchados amanhã durante a construção do muro”, dizia o tuíte da filial da Hawkers no México.

De imediato, Sergio Pérez anunciou também no Twitter o rompimento com a empresa “Que comentário infeliz. Hoje mesmo acaba a minha relação com a Hawkers. Jamais vou deixar alguém brincar com meu país!”, escreveu o mexicano de 26 anos.

Arrependida, a marca se desculpou depois da repercussão negativa da brincadeira: “Somos totalmente mexicanos, não utilizamos o tuíte para zombar. Nós mexicanos temos como característica rir de tudo. Apagamos a postagem ofensiva para não ofender a mais ninguém”.

(Com AFP)

Publicidade