Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: piloto entra na Justiça contra Sauber e ameaça vaga de Nasr

Reserva no ano passado, holandês Giedo van der Garde afirma que uma cláusula em seu contrato lhe garantia uma vaga de titular em 2015

O piloto brasileiro Felipe Nasr, que se destacou durante os treinos de pré-temporada, tem seu lugar na Sauber ameaçado na Justiça. Nesta quinta-feira, o jornal australiano Herald Sun informou que um o ex-piloto reserva da equipe, Giedo van der Garde, entrou com um processo para tentar ganhar uma vaga como piloto principal na escuderia suíça. O holandês garante que seu contrato anterior previa uma vaga como titular em 2015, o que não foi cumprido, já que Nasr e o sueco Marcus Ericsson foram os pilotos escalados para a temporada.

Leia também:

Equipes ameaçam boicotar o GP da Austrália

F1: Médicos proibem Alonso de correr na Austrália

Felipe Nasr se envolve em acidente com Susie Wolff

A Sauber negou as acusações de Van der Garde e afirmou que jamais existiu uma cláusula sobre titularidade em seu contrato. O piloto holandês de 29 anos não só não foi escalado como titular como também perdeu a vaga de reserva para o italiano Rafaelle Marciello. De acordo com o jornal australiano, porém, Van der Garde levou o caso à Justiça da Suíça e teve seu pedido de ação aceito.

Ele também processou a Sauber no Tribunal do estado de Vitória, na Austrália, e pretende ser ouvido com urgência. O Mundial de Fórmula 1 começa no dia 15, com o GP da Austrália, em Melbourne. O brasileiro Felipe Nasr, de 22 anos, segue escalado como titular e deve fazer sua estreia na categoria.

Felipe Nasr, da Sauber, segundo colocado no segundo dia de testes em Jerez de La Frontera Felipe Nasr, da Sauber, segundo colocado no segundo dia de testes em Jerez de La Frontera

Felipe Nasr, da Sauber, segundo colocado no segundo dia de testes em Jerez de La Frontera (/)