Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

F1: Interlagos tem nova área de escape no S do Senna

Autódromo também recebeu asfalto novo e entrada dos boxes foi aumentada

A prefeitura de São Paulo apresentou nesta quinta-feira a primeira fase de obras do Autódromo de Interlagos, que recebeu 160 milhões de reais em investimentos para a sua maior reforma desde que voltou ao circuito da Fórmula 1. As obras tiveram início em julho e algumas estão prontas para o GP Brasil, no fim de semana de 9 de novembro. “Atacamos cinco pontos que vão fazer de Interlagos um dos melhores autódromos em termos de segurança”, disse o secretário especial para assuntos de turismo da prefeitura de São Paulo e presidente da SPTuris, Wilson Poit.

Leia também:

Marussia nega ter pedido para Bianchi manter velocidade

Pai de Bianchi diz que situação do piloto é ‘desesperadora’

Trauma no cérebro de Jules Bianchi pode deixar sequelas

Entre as novidades estão o aumento da entrada dos boxes, com a demolição de um muro, que, de acordo com a prefeitura, tornou mais segura a aproximação dos boxes; e a criação de uma área de escape de cerca de 10 metros no S do Senna, logo após a reta principal. Nesta primeira etapa, ainda foi feito o recapeamento total da pista, a requalificação do pit lane (com aumento na faixa de concreto, novo piso e novo sistema de drenagem) e foram criados boxes auxiliares, antiga reivindicação da F1. A segunda etapa inclui reformas na área dos boxes e terá obras até maio de 2015, quando o circuito completa 75 anos.

Leia também:

Calendário da F1 em 2015 tem 20 corridas e GP no México

Fórmula 1 confirma Grande Prêmio em Interlagos até 2020

Estimativa do Observatório do Turismo, núcleo de pesquisa da SPTuris, aponta que o GP Brasil gera impacto de 260 milhões de reais na economia de São Paulo. No ano passado, o gasto médio dos turistas brasileiros ficou em cerca de 2.500 reais num período de 2,3 dias de permanência na cidade. Os estrangeiros ficaram em média 3,5 dias, gastando 4.000 reais no período.

Próximas provas
Data Local Autódromo
02/11 Estados Unidos Austin
09/11 Brasil Interlagos
23/11 Abu Dhabi Yas Marina
As equipes e pilotos
Equipe Pilotos
Red Bull Sebastian Vettel (Alemanha) Daniel Ricciardo (Austrália)
Ferrari Fernando Alonso (Espanha) Kimi Raikkonen (Finlândia)
McLaren Jenson Button (Grã-Bretanha) Kevin Magnussen (Dinamarca)
Lotus Pastor Maldonado (Venezuela) Romain Grosjean (França)
Mercedes Nico Rosberg (Alemanha) Lewis Hamilton (Grã-Bretanha)
Sauber Esteban Gutiérrez (México) Adrian Sutil (Alemanha)
Force India Nico Hulkenberg (Alemanha) Sérgio Pérez (México)
Williams Felipe Massa (Brasil) Valtteri Bottas (Finlândia)
Toro Rosso Daniil Kvyat (Rússia) Jean-Eric Vergne (França)
Caterham Andre Lotterer (Alemanha) Marcus Ericsson (Suécia)
Marussia Jules Bianchi (França) Max Chilton (Grâ-Bretanha)

(Com Estadão Conteúdo)