Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Expulso, Luxa ‘culpa’ Federação e se desculpa com árbitro por ofensa

Por Da Redação 30 abr 2012, 12h11

O técnico do Grêmio, Vanderlei Luxemburgo, deu uma nova versão à confusão que teve na tarde de domingo, com um gandula no Beira-Rio, durante o clássico com o Internacional. Para o comandante, o presidente da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Francisco Novelletto, falhou ao não informar que o trio de arbitragem estava pronto para coibir a reposição de bola rápida dos gandulas para o time de casa.

‘Não chegou para nós um documento oficial de que os árbitros iriam voltar o lance. Se eu soubesse, tinha dito na palestra antes do jogo para os atletas ficarem tranquilos, que o árbitro tomaria uma atitude, mas não sabia. Falei ao quarto árbitro que o gandula não poderia ficar onde estava. Eu não sabia que eles estavam com a ordem para repetir a cobrança e não percebi no lanceque iria ser repetido’, disse o técnico, em entrevista ao Sportv, antes de pedir desculpas pelo incidente.

‘No final, teve a ofensa e eu peço desculpas publicamente ao árbitro. Fazia tempo que não era expulso, e os xingamentos não são de minha educação, simplesmente aconteceu no calor do jogo. A decisão tinha sido tomada, mas não nos comunicaram oficialmente, o que gerou um prejuízo muito grande’, completou.

Aos 20 minutos da etapa final, em uma cobrança de escanteio rápida, Luxemburgo demonstrou sua irritação e foi para discutir com o gandula, em lance que gerou uma grande confusão. Após sua expulsão, o Grêmio não conseguiu segurar o empate e sofreu, aos 33, o gol que deu a vitória ao Colorado, por 2 a 1.

Embora tenha feito críticas à utilização dos gandulas, Luxa voltou a ressaltar que isto não influenciou o resultado final da partida, que deu ao Inter a vaga na decisão do Gaúcho, contra o Caxias. Ao Tricolor, resta focar na disputa da Copa do Brasil – o time disputa na quarta-feira, contra o Fortaleza, a primeira partida pelas oitavas de final. O jogo acontecerá às 19h30 (de Brasília), no Beira-Rio.

Continua após a publicidade
Publicidade