Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Experiente, Pablo Prigioni desperta interesse do New York Knicks

Por Da Redação - 19 jun 2012, 16h48

Aos 35 anos, o armador Pablo Prigioni pode deixar o basquete espanhol e acertar com o New York Knicks para a próxima temporada. Segundo o jornal argentino ‘Olé’, o atleta está em Nova York desde o último domingo, quando viajou a convite da franquia norte-americana, e já se reuniu com o manager Glen Grunwald e com o técnico dos Knicks, Mike Woodson, para saber suas pretensões.

Após 13 anos atuando no basquete da Espanha, onde, atualmente, defende o Caja Laboral, Prigioni chegaria ao time dos Estados Unidos com a função de dar mais experiência ao grupo, principalmente ao setor de armação, que conta com o jovem Jeremy Lin, 23 anos, uma das grandes revelações da NBA nesta temporada.

Conforme afirma a publicação argentina, apesar do Caja Laboral desejar renovar com Prigioni, o armador encara com otimismo a chance de concretizar a negociação com a franquia nova-iorquina e espera que seus agentes recebam uma oferta oficial nos próximos dias.

Em 2009, o New York Knicks chegou a abrir negociações com o armador, que preferiu continuar atuando em território espanhol e acertou com o Real Madrid. Além disso, em 2008, o Houston Rockets, time que conta com o ala/pivô argentino Luis Scola, também manifestou interesse em Prigioni, mas não conseguiu definir a contratação do atleta.

Publicidade