Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Vozes do Futebol: a dura vida de árbitro

Em Aracaju, ex-auxiliar fala das dificuldades de quem busca a profissionalização no País

Por Alexandre Senechal Atualizado em 31 Maio 2018, 17h20 - Publicado em 25 Maio 2018, 20h42

Expedição Vozes do Futebolprojeto de VEJA em parceria com a Mercedes-Benz – que buscou grandes histórias e personagens sobre a maior paixão nacional –, visitou a cidade de Aracaju e conheceu a história de Edmo Oliveira Santos. O ex-auxiliar de futebol contou como é a vida de árbitros e bandeirinhas que ainda buscam a profissionalização no Brasil e têm de se dividir entre as partidas dos campeonatos brasileiros e a vida profissional.

Santos é policial militar e trabalhou durante anos como auxiliar da primeira divisão do futebol brasileiro. Hoje, é o presidente da comissão de arbitragem da Federação Sergipana de Futebol.

A Expedição Vozes do Futebol percorreu o Brasil, ao longo de quarenta dias, passando pelas cinco macrorregiões do país e por quinze estados, visitando dez cidades, para mostrar o impacto do esporte mais praticado no mundo na vida de brasileiros com perfis completamente distintos.

Continua após a publicidade
Publicidade