Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exame confirma lesão e Ganso está fora da semifinal da Libertadores

Meio-campista sofreu um estiramento na coxa e não poderá enfrentar o Atlético Nacional, da Colômbia

A informação que o torcedor são-paulino mais temia se confirmou nesta quinta-feira: o meia Paulo Henrique Ganso está fora da semifinal da Copa Libertadores, diante do Atlético Nacional, da Colômbia. O São Paulo divulgou nota oficial para confirmar que o jogador sofreu um estiramento no músculo posterior da coxa direita na vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense, nesta quarta, no Morumbi.

Embora o departamento médico do clube não tenha estabelecido um prazo para o retorno do meio-campista aos gramados – informou apenas que está fora “das próximas partidas – já é certo que Ganso não estará em campo no duelo de ida da semifinal, na próxima quarta e, muito provavelmente, também do jogo de volta, em 13 de julho, na Colômbia.

“O meio-campista já está sob os cuidados do departamento médico e seguirá em tratamento fisioterápico no Reffis até reunir condições de jogo novamente”, informou o São Paulo. Normalmente, estiramentos musculares mantêm os atletas afastados por cerca de três semanas.

Técnico do São Paulo lamenta dispensa de Getterson: ‘Não encontro explicação lógica’

O técnico Edgardo Bauza lamentou muito a lesão de seu principal armador e culpou o calendário brasileiro pela lesão. “O calendário brasileiro atenta contra os atletas e os técnicos. Jogamos 41 partidas até agora no ano. Temos dosado os treinamentos. Não há país no mundo onde se jogam tantas partidas em uma temporada”, criticou. Ganso só entrou em campo no segundo tempo e sentiu uma fisgada poucos minutos depois.

Ganso deixou o gramado do Morumbi apressado e já havia adiantado a gravidade da lesão. “Estou fora”, disse aos jornalistas. Antes de se machucar, Ganso havia sido poupado do clássico com o Santos, no último domingo, no Pacaembu, por causa de desgaste muscular. Além do camisa 10, o São Paulo não terá o meia Kelvin, que sofreu uma lesão na coxa semana passada, em jogo contra o Sport.

Os volantes Hudson e Wesley, e o lateral-esquerdo Mena, estão em fase final de tratamento de lesões e esperam estar aptos para atuar. Antes disso, Bauza escalará um time cheio de reservas para pegar a Ponte Preta, domingo, em Campinas, pelo Brasileirão.

(com Estadão Conteúdo)