Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exame aponta que lesão de Dante não é grave

Na vitória por 3 sets a 0 da Seleção Brasileira sobre o Egito, na Copa do Mundo de vôlei, Dante sentiu dores no abdômen que o afastaram do jogo no segundo set da partida. O exame de ressonância magnética, realizado na manhã desta segunda-feira, não indicou nenhuma lesão mais grave e tranquilizou à comissão técnica do Brasil.

‘Dante sentiu ontem uma dor na região do abdômen, fez uma ressonância, que não apresentou nenhuma lesão grave. Agora vamos ver como vai ser a evolução diária dele’, explicou Álvaro Chamecki, médico da Seleção. Apesar de os testes feitos no jogador não indicarem gravidade, o doutor preferiu não fazer previsões para a volta de Dante às quadras.

‘É muito difícil dar um prognóstico de volta quando se trata de lesão muscular. Pode ser que ele volte daqui a três dias, como pode ser que leve três semanas. Vamos fazer o tratamento intensivo todos os dias’, afirmou Chamecki. O que se pode afirmar ao certo é que Dante não enfrenta a Itália, próximo desafio do Brasil na competição.

Sem condições de treinos, Dante ficará nas mãos de Guilherme Tenius, o fisioterapeuta da equipe, mais conhecido como Fiapo. ‘Como não apareceu nenhuma ruptura muscular, temos que correr para tentar tirar o quadro de dor. Para isso, ele vai fazer fisioterapia todos os dias’, declarou Fiapo.

‘Eu dormi preocupado, mas agora estou me sentindo bem depois do resultado do exame. Vimos que não foi nenhuma lesão grave e, agora, tem que passar logo a dor para eu poder retornar aos trabalhos. Estou tranquilo, confiante e acredito que, com a fisioterapia, vamos conseguir eliminar a dor o mais rápido possível’, comentou o ponteiro do Brasil.

O próximo confronto do time comandado por Bernardinho na Copa do Mundo masculina de vôlei será contra a forte Seleção da Itália, às 4 horas da manhã (de Brasília).