Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ex-piloto da F-1 conquista ouro na Paralimpíada

Com as pernas amputadas em um acidente na Fórmula Indy, Alex Zanardi se tornou um dos destaques do ciclismo de estrada paralímpico

Por Da redação 14 set 2016, 13h24

Alessandro Zanardi, ex-piloto da Fórmula-1 no começo da década de 1990, conquistou a medalha de ouro na prova de ciclismo de estrada contrarrelógio na categoria H5, disputada com uma handbike, uma espécie de triciclo que pode ser impulsionado pelas mãos. O italiano de 49 anos concluiu a prova com o tempo de 28min36s81.

Zanardi fechou a primeira das duas voltas em terceiro lugar, mais de 18 segundos atrás do australiano Stuart Tripp, mas conseguiu fazer os últimos cinco quilômetros em ritmo intenso e recuperou a diferença. Tripp ficou com a prata (28min39s55) e o americano Oscar Sanchez (28min51s73) com o bronze.

Ao final da prova, Zanardi comemorou com muito entusiasmo a vitória. “É simplesmente fantástico. Eu só tenho que agradecer. Eu sinto que sou um cara de muita sorte”, disse o ex-piloto, que teve as duas pernas amputadas em 2001, quando sofreu um grave acidente na Fórmula Indy. Nos anos 1990, pilotou por diferentes escuderias, entre elas Jordan e Lotus.

 

Nesta quinta-feira, Zanardi buscará o bicampeonato paralímpico na corrida de estrada, e na sexta compete no revezamento, na qual levou a prata em Londres-2012.

Ex-piloto da F-1, o italiano Alessandro Zanardi venceu a prova de contrarrelógio do ciclismo da Paralimpíada de Londres
Ex-piloto da F-1, o italiano Alessandro Zanardi durante a Paralimpíada de Londres Leon Neal/AFP/VEJA/VEJA

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade