Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ex-jogadora Hortência pode deixar cargo na CBB

Nomeada diretora de seleções femininas, ela não conseguiu bons resultados

Por Da Redação 26 mar 2013, 09h55

Reeleito na primeira semana de março, Carlos Nunes permanecerá no comando da Confederação Brasileira de Basquete (CBB) até 2017. Já a ex-jogadora Hortência, diretora de seleções femininas na primeira gestão, não sabe se continua no cargo. “Estamos esperando para ver as mudanças que vão fazer”, afirmou Hortência sobre a reeleição. De acordo com a assessoria de imprensa da CBB, Carlos Nunes está em viagem e impossibilitado de comentar o futuro da ex-jogadora.

Leia também:

Oscar Schmidt é eleito para Hall da Fama nos EUA

Michael Jordan comemora 50 anos

Lesão em Kobe Bryant vira debate: foi de propósito?

Nomear Hortência como diretora de seleções foi uma das primeiras providências de Nunes após suceder Gerasime Grego Bozikis, em 2009. Desde então, o time principal feminino teve quatro treinadores diferentes – Paulo Bassul, Carlos Colinas, Ênio Vecchi e Luiz Cláudio Tarallo – e decepcionou nas principais competições. Na Olimpíada de Londres, em 2012, o Brasil perdeu para a França, Rússia, Austrália e Canadá – a única vitória foi contra a inexpressiva Grã-Bretanha.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade