Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Ex-jogador Socrates morre na capital paulista

Por Da Redação 4 dez 2011, 06h21

O Hospital Albert Einstein comunicou na madrugada deste domingo, às 4h30, a morte do ex-jogador Socrates, de 57 anos, em função de uma infecção generalizada. Ídolo do futebol brasileiro e do Corinthians, o Doutor não resistiu às consequências de um problema crônico no sistema digestivo.

Sócrates estava internado desde sexta-feira com um ‘choqueséptico’, uma infecção causada por bactéria. Ele passou malapós comer um estrogonofe em um restaurante em Alphaville, na regiãometropolitana de São Paulo, com a esposa e um amigo. Os médicos nãoconfirmaram se o prato causou a doença.

O ídolo estava na terceira internação em menos de quatro meses. Em agosto e setembrodeste ano, Sócrates permaneceu no hospital por complicações no fígado,que provocaram uma hemorragia digestiva – ele nunca escondeu o gostopelo consumo de bebidas alcoólicas.

Conhecido pelo estilo clássico em campo, Sócrates foi revelado nos anos 70 com a camisa do Botafogo de Ribeirão Preto. Porém, ele brilhou principalmente pelo Corinthians, onde ganhou títulos e ficou conhecido como um dos líderes da geração da Democracia Corintiana.

Na Seleção Brasileira, Sócrates fez parte da inesquecível equipe comandada por Telê Santana em 1982, que acabou eliminada pela Itália, mas ficou na história pela qualidade técnica.

A morte de Sócrates é um golpe aos corintianos no dia em que o clube busca o quinto título do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, o Timão depende de um empate para levantar a taça do torneio.

Continua após a publicidade
Publicidade