Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-jogador Mário Sérgio e jornalistas da Fox estavam no voo

Dos 71 passageiros no voo que transportava a Chapecoense, 21 eram profissionais de imprensa

O avião que caiu nesta terça-feira nas proximidades de Medellín levava, de acordo com a Chapecoense, 72 passageiros, além de nove tripulantes. Destes, 21 eram profissionais de imprensa. O único sobrevivente confirmado foi o jornalista Rafael Henzel, da Rádio Oeste Capital, que foi levado ao Hospital San Juan de Dios.

A Fox Sports, que transmitia a Copa Sul-Americana, levava seis profissionais: o comentarista Mario Sérgio Ponte de Paiva, ex-jogador da seleção brasileira, Victorino Chermont, Rodrigo Santana Gonçalves, Davair Paschoalon (Deva Pascovicci) e Lilacio Pereira Júnior, Paulo Clement.

Veja também

Da Globo, estavam no voo Guilherme Marques, Ari de Araújo Junior e Guilherme Lars, além de Laion Machado Espíndola, do GloboEsporte.com. Do Grupo RBS, de Santa Catarina, os jornalistas Djalma Araújo Neto e André Luis Goulart Podiacki.

Além disso, havia oito radialistas: Rafael Valmorbida, Renan Carlos Agnolin, Fernando Schardong, Edson Luiz Ebelliny, Gelson Galliotto, Douglas Dorneles, Jacir Biavitti e Ivan Carlos Agnoletto. Até o momento, cinco sobreviventes foram confirmados, incluindo os jogadores Danilo, Alan Ruschel, e Jackson Follman.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marco Alves Monteiro

    71 passageiros no título da reportagem e 72 passageiros na segunda linha do texto. PeTry e a redação amadora fazendo escola. Que droga, Veja.

    Curtir