Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-atacante português Eusébio completa 70 anos e é homenageado

Lisboa, 25 jan (EFE).- Considerado o melhor jogador de todos os tempos do futebol português, Eusébio Da Silva Ferreira completa nesta quarta-feira 70 anos e celebra sua recuperação dos problemas de saúde que teve recentemente, e mais de meio século de Portugal e Benfica.

O ‘Pantera Negra’, como ficou conhecido Eusébio, recebeu dezenas de mensagens de felicitações de todos os segmentos do futebol luso e internacional, o que demonstra o seu lugar entre os principais jogadores da história.

Joseph Blatter, presidente da Fifa, e Michael Platini, dirigente da Uefa, também somaram elogios ao ex-jogador do Benfica, Bola de Ouro em 1965 e Chuteira de Ouro nas temporadas 1967-1968 e 1972-1973.

O ápice da homenagem acontecerá na noite desta quarta-feira, com a apresentação de uma biografia autorizada escrita pelo jornalista luso João Malheiro, autor de vários livros sobre o Benfica e o próprio Eusébio, intitulado ‘Minha história’.

Protagonista dos principais jornais esportivos lusos, o ex-jogador recebeu uma homenagem do ‘A Bola’, que publicou um especial de oito páginas sobre as ‘sete décadas do mito’.

Nascido em 25 de janeiro de 1942, em Moçambique, o atacante começou sua carreira no Sporting, com apenas 15 anos.

Contratado pelo Benfica, Eusébio teve um papel fundamental na vitória contra o Real Madrid na final de 1962, quando anotou dois gols.

Após 15 anos de sucesso no Benfica, Eusébio viajou até os Estados Unidos, onde jogou em quatro equipes diferentes, e seguiu para o México. Na sequência, o ex-atleta acabou retornando a Portugal, à Segunda Divisão, e se aposentou com 36 anos.

Nos últimos meses, o ‘Pantera Negra’ teve alguns problemas de saúde, e em dezembro ficou internado por 12 dias no hospital devido a uma pneumonia grave.

No início deste ano, no dia 4 de janeiro, Eusébio esteve alguns dias internado em um hospital de Lisboa devido a uma cervicalgia, mas recebeu alta há duas semanas. EFE