Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Everton vence a segunda no boxe e já garante medalha

Por Alessandro Lucchetti

Guadalajara – O baiano Everton Lopes, maior esperança de medalha de ouro da equipe brasileira de boxe, já garantiu ao menos o bronze. Neste domingo, seu adversário nas quartas de final, o porto-riquenho Antonio Ortiz, desistiu depois de levar uma surra nos dois primeiros assaltos. Everton venceu o primeiro por 9 a 4 e o segundo por 8 a 1, com muita habilidade no jogo de pernas, entrando e saindo do raio de ação do adversário como queria.

Everton está sobrando no torneio dos meio-médio ligeiros (até 64kg). Na estreia, já passara pelo dominicano Ricardo Tejeda por nocaute no segundo assalto. São raros os nocautes no boxe olímpico.

Na próxima terça-feira, às 23h15 pelo horário de Brasília, Everton vai enfrentar o cubano Roniel Iglesias por vaga na final. No Pan de 2007, ele perdeu na decisão do ouro para outro boxeador da ilha, Yordenis Ugás. “Minha medalha de prata ficou engasgada. Vou em busca do ouro”, avisa o lutador, que é cria de Luiz Dórea, ex-treinador de Acelino “Popó” Freitas e responsável pelo treino de boxe de Anderson Silva, astro do UFC.