Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Everton Lopes se profissionaliza e está fora da olimpíada

Atual campeão mundial amador, o pugilista de 26 anos era esperança de medalha

Campeão mundial amador dos meio-médios-ligeiros, Everton Lopes, de 26 anos, assinou contrato com a promotora Golden Boy – empresa do ex-pugilista Oscar De La Hoya -, tornou-se profissional e não poderá participar da Olimpíada do Rio em 2016. Everton é o terceiro atleta que o boxe amador do Brasil perde para a disputa olímpica em casa: os irmãos Yamaguchi e Esquiva Falcão, respectivamente bronze e prata na Olimpíada de Londres em 2012, também já lutam entre os profissionais.

Leia também:

Muhammad Ali é internado com pneumonia nos EUA

Popó anuncia retorno ao boxe e planeja lutar em maio

Mike Tyson diz que foi vítima de abuso sexual na infância

Everton foi campeão mundial em Baku, no Azerbaijão, em 2011, e no mesmo ano faturou a medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara (México). Em 2012, nos Jogos Olímpicos de Londres, perdeu para um cubano na estreia. Sua última participação pela seleção brasileira foi no Tammer Tournament, competição disputada na Finlândia, onde conquistou o ouro. Everton Lopes era segundo colocado no ranking mundial e grande esperança de medalha no Rio.

Seu provável substituto, Joedison Teixeira, é destaque desde 2012, quando venceu o Pan-Americano Júnior. Em 2013, faturou os Jogos Mundiais de Combate, na Rússia; e em 2014 venceu o Festival Olímpico Pan-Americano, no México, e o outro torneio na Polônia.

(Com Estadão Conteúdo)