Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Estudo revela gasto de US$ 3 bilhões em contratações em 2011

Por Da Redação 1 mar 2012, 11h51

Redação Central, 1 mar (EFE).- O Mercado de Transferências Global (Transfer Match System – TMS), divulgou nesta quinta-feira, o valor de US$ 3 bilhões investidos em negociações envolvendo jogadores de futebol no ano passado.

O relatório oferece uma análise exaustiva das contratações de jogadores no mundo todo, mediante um sistema de regulação de transferências internacionais, o TMS, criado pela Fifa em 2007.

Em 2011 foram realizadas mais de 11.500 transferências nas 208 associações da Fifa, que incluem 5 mil clubes.

O relatório acrescenta estatísticas relativas, na qual só 10% de todas as transferências concretizadas em 2011 correspondem a acordos permanentes entre clubes, evidenciando assim que a grande maioria de jogadores fichados não tinha contrato com clube algum, explica a Fifa em seu site oficial.

No documento inclui também a média dos pagamentos pelas transferências, os salários, os honorários que recebem os agentes de clubes, assim como o número de transferências de jogadores menores de 18 anos.

Mark Goddard, gerente geral do TMS da Fifa, considerou que este relatório apresenta ‘numerosos dados interessantes sobre as transferências no mundo do futebol, redundando na transparência que o mercado apresenta ao mercado’.

‘Em 2011 foi o primeiro ano de funcionamento do TMS, portanto este relatório é só o início’, acrescentou Goddard, que ressaltou que o objetivo do estudo é ‘oferecer informação que não seja somente útil aos torcedores e à imprensa, mas também aos diretores das associações e os clubes’. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade