Clique e assine a partir de 9,90/mês

Estudo aponta desvalorização brasileira no mercado de transferências

Por Da Redação - 14 set 2011, 18h58

Um estudo elaborado pelo escritório Carlezzo Advogados Associados mostrou que o jogador brasileiro já não é mais tão valorizado no exterior. A venda de maior lucratividade na última janela europeia de transferências foi a do meio-campista Danilo, do Santos para o Porto, de Portugal, por € 13 milhões (R$ 30,4 milhões) – apenas a 30mais cara do mundo.

Desde a temporada 1995/1996, quando o hoje comentarista Caio Ribeiro trocou o são Paulo pela italiana Internazionale por € 7,5 milhões, a principal transação envolvendo um atleta brasileiro não atingia montante tão baixo, de acordo com a pesquisa.

Os líderes no atual ranking de transferências são argentinos: o atacante Aguero, que saiu do Atlético de Madrid para o Manchester City por € 45 milhões, e o meia Pastore, negociado pelo Palermo com o Paris Saint-Germain por € 42 milhões. Já o colombiano Falcao García, que se projetou em um clube da Argentina, o River Plate, rumou do Porto para o Atlético de Madrid por € 40 milhões.

Publicidade