Clique e assine com até 92% de desconto

Estreante em velocidade fatura São Silvestrinha e frustra aniversariante

Por Da Redação 27 dez 2011, 19h59

Valeu a pena se arriscar nos 400m da pista do Estádio Ícaro de Castro Mello, no Conjunto Desportivo Constâncio Vaz Guimarães, no Ibirapuera, nesta terça-feira. Acostumada apenas a provas de velocidade em 250m, a paranaense Perla Moreira estreou com o pé direito e faturou a categoria 14 anos na 18edição da São Silvestrinha.

‘Ai, não acredito, estou muito ansiosa’, disse a jovem enquanto aguardava ser chamada ao pódio. ‘Estou cansada demais, nunca tinha corrido 400m. Treino dois quilômetros por dia, mas em velocidade só havia disputado provas de 250m’, explicou.

O cansaço não era apenas pelo desempenho na versão para crianças da Corrida Internacional de São Silvestre. Perla teve que encarar sete horas de viagem dentro de um micro ônibus para ir de Astorga, interior do Paraná, a São Paulo, mas, do lugar mais alto do pódio, ela não reclamou. ‘Agora sim caí na real’, disse a paranaense já com o troféu em mãos, o 11da atleta mirim que tem a certeza de que seguirá carreira no esporte, mas não sabe ainda em qual prova: resistência ou velocidade.

Enquanto Perla recebia os cumprimentos pela vitória, Estela Barros também era parabenizada, mas não apenas pelo terceiro lugar na São Silvestrinha. No mesmo dia da competição, a jovem completava 14 anos de idade.

‘Seria melhor se tivesse vencido, mas já estou feliz mesmo assim’, garantiu a integrante da equipe Brasil Vale Ouro. ‘Me preparei três meses para esta prova, foi a minha primeira vez e estarei aqui de novo no ano que vem, com certeza’, disse Estela, que além de ser superada por Perla Moreira, também teve desempenho abaixo de Rayana Minilla, a segunda colocada.

*especial para a GE.Net

Continua após a publicidade
Publicidade