Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estádio Olímpico de Tóquio pode custar mais de R$ 6,6 bilhões

Projeto para a Olimpíada de 2020 prevê construção de nova arena para 2019

O custo atual do projeto do Estádio Olímpico de Tóquio para os Jogos de 2020, desenhado pela arquiteta Zaha Hadid, pode chegar aos 300 bilhões de ienes (cerca de 6,6 bilhões de reais), segundo revelou nesta quarta-feira o governo japonês. O ministro para a Olimpíada, Hakubun Shimomura, revelou o orçamento, quase três vezes maior que o inicial, a uma comissão parlamentar e reconheceu que o governo considera reduzir o projeto.

Leia também:

Tóquio é a cidade-sede das Olimpíadas de 2020

Tóquio desperta festejando o sonho olímpico

O plano original de Hadid inclui a demolição do Estádio Nacional, construído para os Jogos de 1964 e a construção de um novo, com capacidade de 80.000 pessoas e teto retrátil. O custo inicial era de 130 bilhões de ienes (cerca de 2,8 bilhões de reais) e a previsão de entrega é em março de 2019, a tempo para a Copa do Mundo de Rúgbi, entre setembro e outubro de 2019.

O projeto de remodelação causou discussões no Japão principalmente por causa dos custos, tanto que alguns dos arquitestos mais prestigiados do país planejam iniciar ainda este mês uma campanha para pedir que a obra seja reconsiderada.

(Com agência EFE)