Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Está em Madri? Saiba como ver Real x Barça no estádio

Mas esse privilégio custa caro - e depende de uma negociação com cambista

Por Da Redação 15 abr 2011, 07h24

O risco de comprar um ingresso falso é pequeno: quem revende ingressos na porta do Bernabéu são geralmente sócios que têm lugares cativos no estádio do Real

Conseguir ocupar um dos 80.000 assentos do Estádio Santiago Bernabéu no superclássico entre Real Madrid e Barcelona não é nada fácil (e muito menos barato). Lugar garantido, só para convidados, autoridades, antigos ídolos do clube e, por fim, para os sócios que têm direito a ingressos para a temporada inteira. Para quem está em Madri, recomenda-se economizar tempo e evitar ser motivo de piada – pois é justamente isso que acontece se um torcedor desavisado decide bater nos vidros dos guichês das bilheterias oficiais à procura de um ingresso. Todos são vendidos com muita antecedência. Para realizar o sonho de assistir à partida, portanto, resta recorrer ao mercado negro.

Um dos caminhos possíveis para arrumar um bilhete é a internet. Em sites de leilões, por exemplo, os donos dos cobiçados ingressos cobram pelo menos 250 euros (o equivalente a 575 reais) por uma entrada para o setor mais distante do gramado, atrás do gol, no último andar de arquibancadas. Cadeiras mais próximas do campo são oferecidas por pelo menos 500 euros (1.150 reais). Além de cara, a transação é arriscada. Afinal, a internet é campo fértil para possíveis golpistas – isso sem contar a concorrência mais acirrada pelos ingressos na rede. Sobra, então, a modalidade mais tradicional de caça a bilhetes para grandes jogos: fazer negócio com cambistas na porta do estádio.

Leia também:

Leia também: Real Madrid e Barcelona disputam muito mais que um jogo

Continua após a publicidade

No caso do Bernabéu, eles ficam de plantão na entrada principal do estádio, na esquina da Avenida de Concha Espina com o Paseo de la Castellana (veja na imagem abaixo), bem perto da saída da estação Santiago Bernabéu do metrô madrileno. Assim como no Brasil, a atividade dos cambistas é ilegal, mas o comércio de ingressos é feito às claras, sem que ninguém seja incomodado pela polícia. O risco de comprar um ingresso falso é pequeno: quem revende ingressos na porta do Bernabéu são geralmente sócios que têm lugares cativos no estádio e abrem mão de assistir aos clássicos – eles vendem as entradas para Real Madrid x Barcelona e, com esse dinheiro, pagam o carnê para a temporada inteira.

Para quem decide se arriscar nesse mercado paralelo, vale lembrar que os ingressos têm lugar marcado – e ninguém consegue ocupar a cadeira de outro torcedor. Se quiser assistir ao jogo acompanhado, o comprador de ingresso de cambista precisa garantir que os bilhetes são para a mesma fileira de assentos. Isso, porém, faz o preço subir: os ingressos avulsos, para cadeiras isoladas, são mais baratos. No clássico da temporada passada – que acabou em vitória do Barça, 2 a 0 -, comprava-se um ingresso nessas condições por 200 euros (preço original: 64 euros), para o terceiro lance de arquibancadas, com uma boa visão do gramado. Gastar menos que isso é quase impossível.

Leia também:

Leia também: Real Madrid e Barcelona farão 4 superclássicos em 18 dias

View Larger Map

Continua após a publicidade
Publicidade