Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Espanha e Itália ficam no empate na estreia da Eurocopa

Por Da Redação 10 jun 2012, 15h35

Por AE

Gdansk, Polônia – O duelo mais esperado do Grupo C da Eurocopa, que acabou ocorrendo logo na rodada de abertura, terminou empatado. Neste domingo, em Gdansk, na Polônia, Espanha e Itália, as grandes favoritas da chave, empataram por 1 a 1. O duelo foi equilibrado e os gols só saíram no segundo tempo. O centroavante Di Natale, que joga na Udinese, marcou para os italianos e o atacante Fábregas, do Barcelona, empatou para os espanhóis, atuais campeões da competição europeia e também da Copa do Mundo.

A primeira rodada do Grupo C terá sequência ainda neste domingo com a partida entre Irlanda e Croácia, na cidade polonesa de Poznan – a Eurocopa também acontece na Ucrânia. Na próxima rodada, marcada para a próxima quinta-feira, a Espanha terá pela frente os irlandeses, em Gdansk, às 15h45 (de Brasília). Já a Itália enfrentará os croatas, um pouco mais cedo, às 13 horas, em Poznan.

Em um momento mais complicado que a rival, por causa da divulgação de mais um escândalo de manipulação de resultados e das três derrotas seguidas na preparação para a Eurocopa, a Itália parecia que não teria forças para derrotar a Espanha. Mas o que se viu no primeiro tempo foi uma equipe italiana corajosa, que não teve medo de atacar e chegou a levar algum perigo para o gol de Iker Casillas.

Os espanhóis, com a sua habitual troca de passes, tinha mais posse de bola, mas não conseguia furar o bloqueio italiano imposto pelo técnico Cesare Prandelli. A melhor chance foi em um chute de Iniesta da entrada da área, pelo lado esquerdo, aos 29 minutos, que foi defendido pelo goleiro Buffon.

Na segunda etapa, o panorama não se alterou e, aos 15 minutos, a Itália conseguiu acertar um ataque e abriu o placar. Di Natale, que havia entrado no lugar de Balotelli minutos antes, recebeu de Pirlo e tocou na saída de Casillas para o gol. Só que, para azar dos italianos, que já pretendiam se fechar ainda mais na defesa, a Espanha obteve o empate rapidamente. Aos 19, Fábregas recebeu um belo passe de David Silva e tocou rasteiro na saída de Buffon.

Mesmo com o empate, as duas seleções resolveram atacar e por pouco não alteraram o placar. O centroavante espanhol Fernando Torres, que entrou em campo logo após a sua seleção ter conseguido a igualdade, teve duas chances claras, mas as desperdiçou. Para a Itália, Marchisio também teve a sua oportunidade e não aproveitou.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)