Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Entre homenagens a Simoncelli, GP de Valência terá ‘minuto de caos’

A ultima etapa do Mundial de MotoGP será palco de muitas homenagens ao italiano Marco Simoncelli, morto há cerca de duas semanas na etapa de Sepang, na Malásia. Entre elas, haverá um ‘minuto de caos’, a pedido do seu pai.

Os organizadores da prova pretendiam fazer um minuto de silêncio em homenagem ao ex-piloto da Gresini, mas Paolo Simoncelli pediu que todas as três categorias da MotoGP acelerem suas máquinas ao mesmo tempo para homenagear o falecido com muito barulho.

Além disso, os 500 comissários que vão trabalhar na prova usarão uma faixa preta em seus braços, de acordo com o diário espanhol AS.

A equipe Gresini demorou para confirmar sua participação no circuito Ricardo Tormo, mas decidiu correr, também para prestar tributo a Simoncelli.

Em Sepang, o italiano perdeu o controle da moto e caiu na pista. Colin Edwards e Valentino Rossi não conseguiram desviar e o atropelaram. Seu capacete voou e Simoncelli não resistiu aos ferimentos.