Clique e assine com até 92% de desconto

Enquanto Luis Fabiano está fora, Lucas fala em ser artilheiro

Por Da Redação 6 ago 2011, 09h08

Willian José e Henrique estão com a seleção brasileira sub-20 e Luis Fabiano, contratado por R$ 17 milhões em março para ser o goleador do time, segue se recuperando de sua segunda cirurgia desde a chegada ao clube. Sem eles, Lucas precisar fugir de suas características. Mas já é o artilheiro do São Paulo no Brasileiro e avisa: pensa em terminar o torneio no topo da lista.

‘Dá para sonhar um pouco, né?’, falou o meia-atacante, que marcou na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia o seu quinto gol na liga nacional. No ano, já são oito, sendo superado somente por Dagoberto, atleta do clube que mais balançou as redes nesta temporada: 17 vezes.

‘Eu e o Dagoberto nos movimentamos bastante fora da área. Temos que usar a nossa velocidade e aproveitar enquanto não tem o Luis Fabiano’, sorriu, sem fazer promessas em relação aos gols. ‘Deixa as coisas rolarem. Vou procurar fazer meus gols e ajudar o São Paulo. No fim, vamos ver no que vai dar.’

Se não garante que será o são-paulino com mais gols no Brasileiro, muito menos sobre a possibilidade de superar Ronaldinho Gaúcho, artilheiro da competição com nove gols, o camisa 7 assegura que continuará empenhado em suprir a ausência de um centroavante no Tricolor.

‘O Dagoberto não é fixo dentro da área como o Luis Fabiano. Ele faz muito falta e vai nos ajudar bastante. Mas estamos nos virando como dá’, disse, usando o toque em frente ao goleiro do Bahia como prova de que está evoluindo para atuar mais dentro da área.

‘Na base, sempre armei as jogadas. Como todo jogador, é claro que prefiro atuar na minha posição de origem, não sou fazedor de gols. Mas estou aprendendo e continuo armando do mesmo jeito. Minha preferência é estar em campo, ajudando o São Paulo da melhor maneira’, discursou.

Continua após a publicidade
Publicidade