Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Engasgado com rivais, Valdivia admite: ‘Nosso torcedor não aguenta mais’

Os anos sem títulos do Palmeiras não incomodam apenas o torcedor, mas também os próprios jogadores do clube. Sem levantar uma taça desde o Paulistão de 2008, o meia Valdivia está ciente da cobrança para voltar a dar alegrias aos palmeirenses.

‘Nós viemos de dois anos ruins, sem conquistar nada. Time grande tem sempre de pensar em títulos e sabemos que é difícil, mas não impossível. Pelos jogadores que o Palmeiras tem, dá para pensar assim, em ganhar tudo o que tiver pela frente. O torcedor não aguenta mais, está carente. E nós jogadores também precisamos de alegria e títulos’, comentou.

O que agravou a ansiedade do chileno foi ver as conquistas de dois rivais diretos no ano passado: Santos (Paulista e Libertadores) e Corinthians (Brasileirão).

‘É difícil de engolir. Você vê o Corinthians e o Santos campeões, mas você não é. Temos de trabalhar, não há outra saída. Estamos juntos com a torcida, não tem problema de saber que o torcedor está cobrando. Mas também é difícil, porque não é tênis, você não joga sozinho, há outros times querendo o mesmo que você. Eu vejo um ambiente bom aqui, vai ser uma temporada positiva para nós’, avaliou.

Na estreia do Paulistão, o Palmeiras venceu o Bragantino por 2 a 1, fora de casa. Apesar de estar ciente da qualidade dos adversários no Estadual, Valdivia avisa que o Verdão precisa superar seus próprios problemas para ser campeão.

‘O rival mais forte é o Palmeiras mesmo. Temos de acreditar em nós, confiando em nosso potencial e jogando sem medo. Às vezes, o jogador é vaiado e cai de rendimento, mas não tem de sentir medo, precisa de personalidade’, alertou.

Na noite desta quarta-feira, o time do técnico Luiz Felipe Scolari tem novo compromisso, desta vez contra a Portuguesa, no estádio do Pacaembu.